Inicializar volumes de Amazon EBS - Amazon Elastic Compute Cloud

Inicializar volumes de Amazon EBS

Os volumes vazios do EBS recebem a performance máxima no momento em que são criados e não requerem inicialização (antes conhecida como pré-aquecimento).

Para volumes que foram criados de snapshots, os blocos de armazenamento devem ser extraídos do Amazon S3 e gravados no volume para poderem ser acessados. Essa ação preliminar leva tempo e pode causar um aumento significativo na latência de operações de E/S na primeira vez que cada bloco for acessado. A performance do volume é obtida depois que todos os blocos forem obtidos por download e gravados no volume.

Importante

Durante a inicialização dos volumes de Provisioned IOPS SSD que foram criados de snapshots, a performance do volume pode ser reduzida para menos de 50% de seu nível esperado, o que faz com que o volume exiba um estado de warning na verificação do status de I/O Performance (Performance de E/S). Isso é esperado, e é possível ignorar o estado de warning em volumes de Provisioned IOPS SSD enquanto estiver inicializando esses volumes. Para obter mais informações, consulte Verificações de status do volume do EBS.

Para a maioria das aplicações, é aceitável a amortização do custo de inicialização ao longo da vida útil do volume. Para evitar essa ocorrência de performance inicial em um ambiente de produção, é possível usar uma das seguintes opções:

Inicializar volumes de Amazon EBS no Linux

Os volumes vazios do EBS recebem a performance máxima no momento em que são disponibilizados e não requerem inicialização (antes conhecida como pré-aquecimento). Para volumes que foram criados de snapshots, use os utilitários dd ou fio para ler todos os blocos em um volume. Todos os dados existentes no volume serão preservados.

Para obter informações sobre como inicializar volumes do Amazon EBS no Windows, consulte Inicializar volumes do Amazon EBS no Windows.

Como inicializar um volume criado de um snapshot no Linux

  1. Anexe o volume recentemente restaurado à sua instância do Linux.

  2. Use o comando lsblk para relacionar os dispositivos de blocos em sua instância.

    [ec2-user ~]$ lsblk NAME MAJ:MIN RM SIZE RO TYPE MOUNTPOINT xvdf 202:80 0 30G 0 disk xvda1 202:1 0 8G 0 disk /

    Aqui você pode ver que o volume novo /dev/xvdf, está anexado, mas não montado (porque não há caminho listado na coluna MOUNTPOINT).

  3. Use os utilitários dd ou fio para ler todos os blocos do dispositivo. O comando dd é instalado por padrão em sistemas Linux, mas fio é consideravelmente mais rápido porque permite leituras encadeadas várias vezes.

    nota

    Essa etapa pode levar de vários minutos a várias horas, dependendo da largura de banda da instância do EC2, da IOPS provisionada para o volume e do tamanho do volume.

    [dd] O parâmetro if (arquivo de entrada) deve ser configurado na unidade que você deseja inicializar. O parâmetro of (arquivo de saída) deve ser definido no dispositivo virtual nulo do Linux, /dev/null. O parâmetro bs define o tamanho do bloco da operação de leitura. Para a performance ideal, ele deve ser definido como 1 MB.

    Importante

    O uso incorreto de dd pode destruir facilmente os dados de um volume. Não deixe de seguir precisamente o comando de exemplo abaixo. Somente o parâmetro if=/dev/xvdf irá variar dependendo do nome do dispositivo que você está lendo.

    [ec2-user ~]$ sudo dd if=/dev/xvdf of=/dev/null bs=1M

    [fio] Se o fio estiver instalado em seu sistema, use o seguinte comando para inicializar seu volume. O parâmetro --filename (arquivo de entrada) deve ser configurado na unidade que você deseja inicializar.

    [ec2-user ~]$ sudo fio --filename=/dev/xvdf --rw=read --bs=128k --iodepth=32 --ioengine=libaio --direct=1 --name=volume-initialize

    Use o comando a seguir para instalar o fio em Amazon Linux:

    sudo yum install -y fio

    Para instalar fio no Ubuntu, use o seguinte comando:

    sudo apt-get install -y fio

    Quando a operação for concluída, você verá um relatório da operação de leitura. Seu volume agora está pronto para uso. Para obter mais informações, consulte Disponibilizar um volume do Amazon EBS para uso no Linux.