Amazon Elastic Compute Cloud
User Guide for Windows Instances

Criação de um snapshot do Amazon EBS

Um snapshot de ponto no tempo de um volume do EBS pode ser usado como uma linha de base para novos volumes ou para backup de dados. Se você fizer snapshots periódicos de um volume, eles serão incrementais: somente os blocos no dispositivo que tiverem mudado depois do último snapshot serão salvos no novo snapshot. Mesmo que os snapshots sejam salvos incrementalmente, o processo de exclusão de snapshots foi projetado de forma que você precise reter somente o snapshot mais recente para restaurar o volume inteiro.

Snapshots ocorrem de forma assíncrona; o snapshot de ponto no tempo é criado imediatamente, mas o status do snapshot será pending até que ele esteja concluído (quando todos os blocos modificados tiverem sido transferidos para Amazon S3), o que pode levar várias horas para grandes snapshots iniciais ou snapshots subsequentes nos quais muitos blocos tenham sido alterados. Enquanto está sendo concluído, um snapshot em andamento não é afetado pelas leituras e gravações contínuas do volume.

Importante

Embora você possa fazer um snapshot de um volume enquanto um snapshot anterior desse está no status pending, ter múltiplos snapshots pending de um volume pode resultar em desempenho reduzido do volume até o snapshot ser concluído.

Há um limite de cinco snapshots pending para um único volume gp2, io1 ou Magnético, e um snapshot pending para um único volume st1 ou sc1. Se você receber um erro ConcurrentSnapshotLimitExceeded ao tentar criar múltiplos snapshots simultâneos do mesmo volume, espere por um ou mais snapshots pending serem concluídos antes de criar outro snapshot desse volume.

Os snapshots tirados dos volumes criptografados são criptografados automaticamente. Os volumes criados a partir de snapshots criptografados também são criptografados automaticamente. Os dados nos seus volumes criptografados e em quaisquer snapshots associados estão protegidos em repouso e em movimento. Para obter mais informações, consulte Criptografia do Amazon EBS.

Por padrão, só você pode criar volumes a partir dos snapshots que possui. Contudo, pode compartilhar seus snapshots não criptografados com contas específicas da AWS ou compartilhá-los com toda a comunidade AWS tornando eles públicos. Para obter mais informações, consulte Compartilhamento de um snapshot do Amazon EBS.

É possível compartilhar um snapshot criptografado somente com as contas da AWS específicas. Para que outros usem o snapshot compartilhado e criptografado, é preciso também compartilhar a chave CMK usada para criptografá-lo. Os usuários com acesso ao seu snapshot criptografado devem criar sua própria cópia pessoal e então usar essa cópia para restaurar o volume. Sua cópia de um snapshot compartilhado e criptografado também pode ser recriptografada com uma chave diferente. Para obter mais informações, consulte Compartilhamento de um snapshot do Amazon EBS.

Quando um snapshot for criado a partir de um volume com um código de produto AWS Marketplace, o código do produto será propagado para o snapshot.

Você pode tirar um snapshot de um volume associado que esteja em uso. No entanto, os snapshots só capturam dados gravados no seu volume do Amazon EBS no momento em que o comando do snapshot é emitido. Isso pode excluir quaisquer dados em cache por quaisquer aplicativos ou sistemas operacionais. Se você puder pausar a gravação de qualquer arquivo para o volume por tempo suficiente para tirar um snapshot, seu snapshot deverá estar completo. Contudo, se você não puder pausar todas as gravações do arquivo para o volume, deve desmontar o volume de dentro da instância, emitir o comando de snapshot e remontar o volume para garantir um snapshot consistente e completo. Você pode remontar e usar o volume enquanto o status do snapshot for pending.

Para criar um snapshot para volume do Amazon EBS que serve como dispositivo raiz, pare a instância antes de tirar o snapshot.

Para desmontar o volume no Windows, abra o Gerenciamento de Disco, clique com o botão direito sobre volume para desmontar e selecione Alterar Letra de Unidade e Caminho. Selecione o ponto de montagem a ser removido e clique em Remover.

Para facilitar o gerenciamento de snapshots, você pode marcar os snapshots durante a criação ou adicionar tags posteriormente. Por exemplo, você pode aplicar tags que descrevem o volume original a partir do qual o snapshot foi criado ou o nome do dispositivo usado para associar o volume original a uma instância. Para obter mais informações, consulte Marcação dos seus recursos do Amazon EC2.

Para criar um snapshot usando o console

  1. Abra o console do Amazon EC2 em https://console.aws.amazon.com/ec2/.

  2. Selecione Snapshots no painel de navegação.

  3. Selecione Criar snapshot.

  4. Na página Create Snapshot (Criar snapshot), selecione o volume para o qual criar um snapshot.

  5. (Opcional) Selecione Add tags to your snapshot (Adicionar tags ao snapshot). Forneça uma chave e um valor para cada tag.

  6. Selecione Criar snapshot.

Para criar um snapshot usando a linha de comando

Você pode usar um dos comandos a seguir. Para obter mais informações sobre essas interfaces de linha de comando, consulte Acessando o Amazon EC2.

nota

Usando o Run Command do Systems Manager, você pode gerar snapshots consistentes com o aplicativo de todos os volumes do Amazon Elastic Block Store (Amazon EBS) anexados às instâncias Windows do Amazon EC2. O processo de snapshot usa o Windows Volume Shadow Copy Service (VSS) para fazer backups no nível da imagem dos aplicativos que reconhecem o VSS, incluindo os dados de transações pendentes entre esses aplicativos e o disco. Além disso, você não precisa desligar as instâncias ou desconectá-las quando precisar fazer backup de todos os volumes anexados. Para obter mais informações, consulte Using Run Command to Take VSS-Enabled Snapshots of EBS Volumes no Guia do usuário do AWS Systems Manager.