Ativar o Performance Schema para o Performance Insights no Amazon RDS for MariaDB ou MySQL - Amazon Relational Database Service

Ativar o Performance Schema para o Performance Insights no Amazon RDS for MariaDB ou MySQL

O Performance Schema é um recurso opcional para monitorar a performance do tempo de execução do Amazon RDS for MariaDB ou MySQL em um nível inferior de detalhes. O Performance Schema foi projetado para causar impacto mínimo na performance do banco de dados. O Performance Insights é um recurso separado que você pode usar com ou sem o Performance Schema.

Visão Geral do Performance Schema

O Performance Schema monitora os eventos nos bancos de dados MariaDB e MySQL. Um evento é uma ação do servidor de banco de dados que consome tempo e foi instrumentada para que as informações de tempo possam ser coletadas. São exemplos de evento:

  • Chamadas de função

  • Aguarda o sistema operacional

  • Estágios da execução SQL

  • Grupos de instruções SQL

O mecanismo de armazenamento PERFORMANCE_SCHEMA é um mecanismo para implementar o recurso Performance Schema. Esse mecanismo coleta dados de eventos usando instrumentação no código-fonte do banco de dados. O mecanismo armazena eventos em tabelas somente na memória no banco de dados performance_schema. É possível consultar performance_schema assim como quaisquer outras tabelas. Para obter mais informações, consulte MySQL Performance Schema no Manual de referência do MySQL.

Efeito de ativar o Performance Schema

O Performance Insights e o Performance Schema são recursos separados, mas estão conectados. Quando o Performance Schema não está ativado para o Amazon RDS for MariaDB ou MySQL, o Performance Insights faz o seguinte:

  • Coleta informações de monitoramento detalhadas e de nível inferior.

  • Coleta métricas de sessão ativas a cada segundo.

  • Exibe carga de banco de dados categorizada por eventos de espera detalhados, que você pode usar para identificar gargalos.

Efeito de não ativar o Performance Schema

Quando o Performance Schema não está ativado para o Amazon RDS for MariaDB ou MySQL, o Performance Schema faz o seguinte:

  • Não coleta eventos de espera, métricas por SQL nem outras informações detalhadas de monitoramento de nível inferior.

  • Coleta métricas de sessão ativas a cada cinco segundos em vez de cada segundo.

  • Relata estados de usuário, como inserção e envio, que não ajudam a identificar gargalos.

Gerenciamento automático do Performance Schema pelo Performance Insights

Quando você cria uma instância de banco de dados do Amazon RDS for MariaDB ou MySQL com o Performance Insights ativado, o Performance Schema também é ativado. Nesse caso, o Performance Insights gerencia automaticamente seus parâmetros do Performance Schema. Essa é a configuração recomendada.

Para o gerenciamento automático do Performance Schema, as seguintes condições devem ser verdadeiras:

  • O parâmetro performance_schema está definido como 0.

  • A Source (Fonte) é definida como um valor diferente de 0. Por padrão, o valor de Source (Fonte) é system.

Se você alterar o valor do parâmetro performance_schema manualmente e, posteriormente, quiser reverter para o gerenciamento automático, consulte Configuração do Performance Schema para gerenciamento automático.

Importante

Quando o Performance Insights ativa o Performance Schema, ele não altera os valores do grupo de parâmetros. No entanto, os valores são alterados nas instâncias de banco de dados que estão em execução. A única forma de ver os valores alterados é executar o comando SHOW GLOBAL VARIABLES.

Efeito de uma reinicialização no Performance Schema

O Performance Insights e o Performance Schema diferem em seus requisitos para reinicializações de instâncias de banco de dados:

Performance Schema

Para ativar ou desativar esse recurso, você deve reinicializar a instância de banco de dados.

Performance Insights

Para ativar ou desativar esse recurso, não é necessário reinicializar a instância de banco de dados.

Se o Performance Schema não estiver ativado no momento e você ativar o Performance Insights sem reinicializar a instância de banco de dados, o Performance Schema não será ativado.

Determinar se o Performance Insights está gerenciando o Performance Schema

Para descobrir se o Performance Insights está gerenciando o Performance Schema nas principais versões 5.6, 5.7 e 8.0 do mecanismo, consulte a tabela a seguir.

Configuração do parâmetro performance_schema Configuração da coluna Source (Fonte) O Performance Insights está gerenciando o Performance Schema?
0 system Sim
0 ou 1 user Não

Como saber se o Performance Insights está gerenciando automaticamente o Performance Schema

  1. Faça login no AWS Management Console e abra o console do Amazon RDS em https://console.aws.amazon.com/rds/.

  2. Selecione Grupos de parâmetros.

  3. Selecione o nome do grupo de parâmetros para a instância de banco de dados.

  4. Insira performance_schema na barra de pesquisa.

  5. Verifique se o valor de Source (Fonte) é o padrão do sistema e Values (Valores) é 0. Nesse caso, o Performance Insights está gerenciando o Performance Schema automaticamente. Caso contrário, o Performance Insights não está gerenciando o Performance Schema automaticamente.

    
						Mostra as configurações do parâmetro performance_schema

Configuração do Performance Schema para gerenciamento automático

Suponha que o Performance Insights esteja ativado para sua instância de banco de dados ou o cluster de banco de dados multi-AZ, mas no momento, não está gerenciando o Performance Schema. Se você quiser permitir que o Performance Insights gerencie o Performance Schema automaticamente, conclua as etapas a seguir.

Como configurar o Performance Schema para gerenciamento automático

  1. Faça login no AWS Management Console e abra o console do Amazon RDS em https://console.aws.amazon.com/rds/.

  2. Selecione Grupos de parâmetros.

  3. Selecione o nome do grupo de parâmetros de sua instância de banco de dados ou cluster de banco de dados multi-AZ.

  4. Insira performance_schema na barra de pesquisa.

  5. Selecione o parâmetro performance_schema.

  6. Escolha Edit parameters.

  7. Selecione o parâmetro performance_schema.

  8. Em Values (Valores), escolha 0.

  9. Escolha Reset (Redefinir) e, depois, Reset parameters (Redefinir parâmetros).

  10. Reinicialize a instância de banco de dados ou o cluster de banco de dados multi-AZ.

    Importante

    Sempre que habilitar ou desabilitar o Performance Schema, você deverá reinicializar a instância de banco de dados ou o cluster de banco de dados multi-AZ.

Para obter mais informações sobre como modificar os parâmetros da instância, consulte Modificar parâmetros em um grupo de parâmetros de banco de dados. Para obter mais informações sobre o painel, consulte Análise de métricas usando o painel do Performance Insights. Para obter mais informações sobre o esquema de desempenho do MySQL, consulte o Manual de referência do MySQL 8.0.