Preparar-se para criar uma réplica do Oracle - Amazon Relational Database Service

Preparar-se para criar uma réplica do Oracle

Antes de começar a usar a réplica, execute as tarefas a seguir.

Habilitar backups automáticos

Antes que uma instância de banco de dados possa servir como uma instância de banco de dados de origem, habilite backups automáticos na instância de banco de dados de origem. Para saber como executar esse procedimento, consulte Ativar backups automáticos.

Habilitar o modo de registro em log forçado

Recomendamos que você habilite o modo de registro em log forçado. No modo de registro em log forçado, o banco de dados Oracle grava registros de redo mesmo quando NOLOGGING é usado com instruções da linguagem de definição de dados (DDL).

Como habilitar o modo de registro em log forçado

  1. Faça login no banco de dados Oracle usando uma ferramenta cliente, como o SQL Developer.

  2. Habilite o modo de registro em log forçado executando o procedimento a seguir.

    exec rdsadmin.rdsadmin_util.force_logging(p_enable => true);

Para obter mais informações sobre esse procedimento, consulte Definição do registro em log forçado.

Alterar a configuração do registro em log

Se você deseja alterar a configuração de registro em log, recomendamos concluir as alterações antes de transformar uma instância de banco de dados na origem das réplicas. Além disso, recomendamos que você não modifique a configuração do registro em log depois de criar as réplicas. Modificações podem fazer com que a configuração de logs redo online fique fora de sincronia com a configuração de log em espera.

Modifique a configuração de registro em log de uma instância de banco de dados usando os procedimentos do Amazon RDS rdsadmin.rdsadmin_util.add_logfile e rdsadmin.rdsadmin_util.drop_logfile. Para obter mais informações, consulte Adição de logs redo online e Descarte de logs redo online.

Definir o parâmetro MAX_STRING_SIZE

Antes de criar uma réplica do Oracle, verifique se a configuração do parâmetro MAX_STRING_SIZE é a mesma na instância de banco de dados de origem e na réplica. Isso pode ser feito associando-os ao mesmo grupo de parâmetros. Se tiver diferentes grupos de parâmetros para a origem e a réplica, você poderá definir MAX_STRING_SIZE com o mesmo valor. Para obter mais informações sobre como configurar esse parâmetro, consulte Habilitar tipos de dados estendidos para uma instância de banco de dados nova.

Planejar recursos de computação e de armazenamento

Verifique se a instância de banco de dados de origem e suas réplicas estão dimensionadas corretamente, em termos de computação e armazenamento, para atender às suas cargas operacionais. Se uma réplica atingir a capacidade de recursos de computação, rede ou armazenamento, a réplica deixará de receber ou aplicar alterações de sua origem. O Amazon RDS for Oracle não intervém para atenuar atrasos altos de replicação entre uma instância de banco de dados de origem e suas réplicas. É possível modificar os recursos de armazenamento e de CPU de uma réplica independentemente de sua origem e de outras réplicas.