Trabalhar com o Amazon RDS Custom - Amazon Relational Database Service

Trabalhar com o Amazon RDS Custom

O Amazon RDS Custom automatiza tarefas e operações de administração do banco de dados. O RDS Custom permite que você, como administrador de banco de dados, acesse e personalize seu ambiente de banco de dados e sistema operacional. Com o RDS Custom, é possível personalizar para atender aos requisitos de aplicações herdadas, personalizadas e empacotadas.

O vídeo a seguir é uma visão geral do Amazon RDS Custom obtida do AWS re:Invent 2021.

Enfrentar o desafio da personalização do banco de dados

O Amazon RDS Custom traz os benefícios do Amazon RDS para um mercado que não pode migrar facilmente para um serviço totalmente gerenciado devido às personalizações que são necessárias com aplicações de terceiros. O Amazon RDS Custom economiza tempo administrativo, é durável e se expande no ritmo da sua empresa.

Se você precisa que todo o banco de dados e o sistema operacional sejam totalmente gerenciados pela AWS, recomendamos o Amazon RDS. Se você precisa de direitos administrativos sobre o banco de dados e o sistema operacional subjacente para disponibilizar aplicações dependentes, o Amazon RDS Custom é a melhor escolha. Se você deseja responsabilidade total pelo gerenciamento e apenas precisa de um serviço computacional gerenciado, a melhor opção é autogerenciar seus bancos de dados comerciais no Amazon EC2.

Para oferecer uma experiência de serviço gerenciada, o Amazon RDS não permite o acesso ao host subjacente. O Amazon RDS também restringe o acesso a alguns procedimentos e objetos que exigem privilégios de alto nível. No entanto, para algumas aplicações, talvez seja necessário realizar operações como um usuário privilegiado do sistema operacional.

Por exemplo, você pode precisar fazer o seguinte:

  • Instale patches e pacotes personalizados de banco de dados e SO.

  • Defina configurações específicas do banco de dados.

  • Configure sistemas de arquivos para compartilhar arquivos diretamente com as suas aplicações.

Antes, se você precisasse personalizar sua aplicação, era necessário implantar seu banco de dados on-premises ou no Amazon EC2. Nesse caso, você assume a maior parte da responsabilidade, ou toda a responsabilidade, pelo gerenciamento de banco de dados, conforme resumido na tabela a seguir.

Recurso

Responsabilidade on-premises

Responsabilidade do Amazon EC2

Responsabilidade do Amazon RDS

Otimização de aplicações

Cliente

Cliente

Cliente

Escalabilidade

Cliente

Cliente

AWS

Alta disponibilidade

Cliente

Cliente

AWS

Backups de banco de dados

Cliente

Cliente

AWS

Aplicação de patches de softwares para banco de dados

Cliente

Cliente

AWS

Instalação de softwares para banco de dados

Cliente

Cliente

AWS

Aplicação de patches de sistema operacional

Cliente

Cliente

AWS

Instalação do sistema operacional

Cliente

Cliente

AWS

Manutenção do servidor

Cliente

AWS

AWS

Ciclo de vida do hardware

Cliente

AWS

AWS

Energia, rede e desaquecimento

Cliente

AWS

AWS

Gerenciando o software de banco de dados por conta própria, você ganha mais controle, mas as chances de erros dos usuários também aumenta. Por exemplo, ao fazer alterações manualmente, você pode acidentalmente causar tempo de inatividade na aplicação. Você pode perder horas verificando todas as alterações para identificar e corrigir um problema. O ideal é ter um serviço de banco de dados gerenciado que automatize tarefas comuns do DBA, mas que também ofereça suporte ao acesso privilegiado ao banco de dados e ao sistema operacional subjacente.

Modelo de gerenciamento e benefícios para o Amazon RDS Custom

O Amazon RDS Custom é um serviço de banco de dados gerenciado para aplicações herdadas, personalizadas e em pacote que exigem acesso ao sistema operacional subjacente e ao ambiente de banco de dados. O Amazon RDS Custom automatiza as tarefas de configuração, operação e escalabilidade de bancos de dados na Nuvem AWS, ao mesmo tempo em que concede acesso ao banco de dados e ao sistema operacional subjacente. Com esse acesso, é possível definir configurações, instalar patches e habilitar recursos nativos para atender aos requisitos da aplicação dependente. Com o RDS Custom, a workload do banco de dados pode ser executada utilizando o AWS Management Console ou a AWS CLI.

Atualmente, o Amazon RDS Custom oferece suporte somente aos mecanismos Oracle Database e Microsoft SQL Server.

Modelo de responsabilidade compartilhada

Com o Amazon RDS Custom, você tem a automação do Amazon RDS e a flexibilidade do Amazon EC2. Ao assumir responsabilidades adicionais pelo gerenciamento do banco de dados além do que você faz no Amazon RDS, é possível se beneficiar da automação do RDS e da personalização mais profunda do EC2. Para atender aos requisitos de aplicações e negócios, você mesmo gerencia o host.

No modelo de responsabilidade compartilhada do RDS Custom, você tem mais controle do que no Amazon RDS, mas também mais responsabilidades. A responsabilidade compartilhada tem dois significados:

  1. Você possui parte do processo ao usar um recurso.

  2. Você tem acesso total ao recurso e é sua responsabilidade garantir que todas as personalizações funcionem com esse recurso.

A tabela a seguir detalha o modelo de responsabilidade compartilhada para o RDS Custom.

Recurso

Responsabilidade do Amazon EC2

Responsabilidade do Amazon RDS

Responsabilidade pelo RDS Custom for Oracle

Responsabilidade pelo RDS Custom for SQL Server

Otimização de aplicações

Cliente

Cliente

Cliente

Cliente

Escalabilidade

Cliente

AWS

Compartilhado

Compartilhado

Alta disponibilidade

Cliente

AWS

Cliente

Cliente

Backups de banco de dados

Cliente

AWS

Compartilhado

Compartilhado

Aplicação de patches de softwares para banco de dados

Cliente

AWS

Compartilhado

AWS

Instalação de softwares para banco de dados

Cliente

AWS

Compartilhado

AWS

Aplicação de patches de sistema operacional

Cliente

AWS

Cliente

AWS

Instalação do sistema operacional

Cliente

AWS

Compartilhado

AWS

Manutenção do servidor

AWS

AWS

AWS

AWS

Ciclo de vida do hardware

AWS

AWS

AWS

AWS

Energia, rede e desaquecimento

AWS

AWS

AWS

AWS

Você pode criar uma instância de banco de dados do RDS Custom utilizando o Oracle Database. Nesse caso, você faz o seguinte:

  • Gerencia sua própria mídia.

    Ao utilizar o RDS Custom, você carrega seus próprios arquivos e patches de instalação de banco de dados. Você cria uma versão de mecanismo personalizada (CEV) a partir desses arquivos. Em seguida, pode criar uma instância de banco de dados do RDS Custom utilizando essa CEV.

  • Gerencia suas próprias licenças.

    Você traz suas próprias licenças do Oracle Database e as gerencia por conta própria.

Você pode criar uma instância de banco de dados do RDS Custom utilizando o Microsoft SQL Server. Neste caso:

  • Você não gerencia sua própria mídia.

  • Isso significa que você não precisará adquirir licenças do SQL Server separadamente. A AWS mantém a licença para o software de banco de dados SQL Server.

Principais benefícios do RDS Custom

Com o RDS Custom, é possível fazer o seguinte:

  • Automatizar muitas das mesmas tarefas administrativas que o Amazon RDS, entre elas:

    • Gerenciamento do ciclo de vida de bancos de dados

    • Backups automatizados e recuperação em um ponto anterior no tempo (PITR)

    • Monitoramento da integridade das instâncias de banco de dados do RDS Custom e observação das alterações na infraestrutura, no sistema operacional e nos bancos de dados

    • Notificação ou medidas para corrigir problemas dependendo da interrupção na instância de banco de dados

  • Instalar aplicações de terceiros.

    Você pode instalar softwares para executar aplicações e agentes personalizados. Como você tem acesso privilegiado ao host, pode modificar sistemas de arquivos para oferecer suporte a aplicações herdadas.

  • Instalar patches personalizados.

    Você pode aplicar patches de banco de dados personalizados ou modificar pacotes do SO nas suas instâncias de banco de dados do RDS Custom.

  • Preparar um banco de dados local antes de movê-lo para um serviço totalmente gerenciado.

    Se você gerencia seu próprio banco de dados on-premises, pode prepará-lo para o RDS Custom no estado em que ele se encontra. Depois de se familiarizar com o ambiente de nuvem, você pode migrar seu banco de dados para uma instância de banco de dados do Amazon RDS totalmente gerenciada.

  • Criar sua própria automação.

    Você pode criar, programar e executar scripts de automação personalizados para ferramentas de relatórios, gerenciamento ou diagnóstico.