Conceitos básicos do Amazon S3 Transfer Acceleration - Amazon Simple Storage Service

Conceitos básicos do Amazon S3 Transfer Acceleration

Você pode usar o Amazon S3 Transfer Acceleration para transferências de arquivos rápidas, fáceis e seguras em longas distâncias entre o seu cliente e um bucket do S3. O Transfer Acceleration usa os pontos de presença distribuídos globalmente no Amazon CloudFront. Conforme os dados chegam em um ponto de presença, eles são roteados para o Amazon S3 por um caminho de rede otimizado.

Para começar a usar o Amazon S3 Transfer Acceleration, execute as seguintes etapas:

  1. Habilitar o Transfer Acceleration em um bucket

    Você pode ativar o Transfer Acceleration em um bucket de qualquer uma das seguintes maneiras:

    Para obter mais informações, consulte Habilitar e usar o S3 Transfer Acceleration.

    nota

    Para que seu bucket funcione com a aceleração de transferência, o nome dele deve estar em conformidade com os requisitos de nomenclatura de DNS e não deve conter pontos (“.”).

  2. Transferir dados de e para o bucket habilitado para aceleração

    Use um dos seguintes nomes de domínio de endpoint do s3-accelerate:

    • Para acessar um bucket habilitado para aceleração, use bucketname.s3-accelerate.amazonaws.com.

    • Para acessar um bucket habilitado para aceleração por IPv6, use bucketname.s3-accelerate.dualstack.amazonaws.com.

      Os endpoints de pilha dupla do Amazon S3 oferecem suporte para buckets do S3 por IPv6 e IPv4. O endpoint de pilha dupla do Transfer Acceleration usa somente o tipo virtual hospedado de nome do endpoint. Para obter mais informações, consulte Conceitos básicos para fazer solicitações por meio do IPv6 e Usar endpoints de pilha dupla do Amazon S3.

    nota

    Você pode continuar a usar o endpoint regular além dos endpoints de aceleração.

    Você pode apontar as solicitações de objeto PUT e objeto GET do Amazon S3 para o nome de domínio do endpoint do s3-accelerate depois de habilitar o Transfer Acceleration. Por exemplo, suponha que você tenha atualmente uma aplicação API REST usando PUT Object que usa o nome do host mybucket.s3.us-east-1.amazonaws.com na solicitação PUT. Para acelerar o PUT, altere o nome do host em sua solicitação para mybucket.s3-accelerate.amazonaws.com. Para voltar a usar a velocidade de upload padrão, altere o nome de volta para mybucket.s3.us-east-1.amazonaws.com.

    Depois que o Transfer Acceleration é ativado, pode demorar 20 minutos para você perceber o benefício da performance. Contudo, o endpoint de aceleração estará disponível assim que você habilitar o Transfer Acceleration.

    Você pode usar o endpoint de aceleração na AWS CLI, em AWS SDKs e em outras ferramentas que transferem dados para e do Amazon S3. Se você estiver usando AWS SDKs, algumas linguagens compatíveis usam uma sinalização de configuração de cliente do endpoint de aceleração para que você não precise definir explicitamente o endpoint do Transfer Acceleration como bucketname.s3-accelerate.amazonaws.com. Para ver exemplos de como usar uma sinalização de configuração de cliente do endpoint de aceleração, consulte Habilitar e usar o S3 Transfer Acceleration.

Você pode usar todas as operações do Amazon S3 por meio dos endpoints de aceleração de transferência, exceto as seguintes:

Além disso, o Amazon S3 Transfer Acceleration não oferece suporte a cópias entre regiões usando PUT Object - Copy.