O que é o AWS Elastic Beanstalk? - AWS Elastic Beanstalk

O que é o AWS Elastic Beanstalk?

A Amazon Web Services (AWS) consiste em mais de cem serviços, cada um dos quais expõe uma área de funcionalidade. Embora a variedade de serviços ofereça flexibilidade para você decidir como vai gerenciar sua infraestrutura da AWS, pode ser um desafio para descobrir quais serviços usar e como provisioná-los.

Com o AWS Elastic Beanstalk, é possível implantar e gerenciar rapidamente aplicações na Nuvem AWS sem se preocupar com a infraestrutura que as executa. O Elastic Beanstalk reduz a complexidade de gerenciamento sem restringir as escolhas nem o controle. Basta fazer upload da aplicação e o Elastic Beanstalk automaticamente gerencia os detalhes de provisão de capacidade, balanceamento de carga, escalabilidade e monitoramento do status da aplicação.

O Elastic Beanstalk é compatível com aplicações desenvolvidas em Go, Java, .NET, Node.js, PHP, Python e Ruby. Quando a aplicação é implantada, o Elastic Beanstalk cria a versão da plataforma compatível selecionada e provisiona um ou mais recursos da AWS, como instâncias do Amazon EC2, para executar a aplicação.

É possível interagir com o Elastic Beanstalk usando o console do Elastic Beanstalk, a Interface de Linhas de Comando da AWS (CLI da AWS) ou eb, uma CLI de alto nível projetada especificamente para o Elastic Beanstalk.

Para saber mais sobre como implantar uma aplicação Web demonstrativa usando o Elastic Beanstalk, consulte Conceitos básicos da AWS: implantar uma aplicação Web.

Também é possível executar a maioria das tarefas de implantação, como alterar o tamanho da frota de instâncias do Amazon EC2 ou monitorar a aplicação, diretamente da interface da Web do Elastic Beanstalk (console).

Para usar o Elastic Beanstalk, crie uma aplicação, faça upload de uma versão dela na forma de um pacote de origem (por exemplo, arquivo Java .war) no Elastic Beanstalk e forneça algumas informações sobre a aplicação. O Elastic Beanstalk inicia automaticamente um ambiente e cria e configura os recursos da AWS necessários para executar seu código. Depois que o ambiente for iniciado, você poderá gerenciá-lo e implantar novas versões do aplicativo. O diagrama a seguir ilustra o fluxo de trabalho do Elastic Beanstalk.


        Fluxo do Elastic Beanstalk

Depois de criar e implantar a aplicação, as informações sobre ela, incluindo métricas, eventos e status do ambiente, ficam disponíveis no console do Elastic Beanstalk, APIs ou Interfaces de Linhas de Comando, inclusive a CLI unificada da AWS.

Definição de preços

Não há custo adicional para o Elastic Beanstalk. Você paga apenas pelos recursos subjacentes da AWS que seu aplicativo usa. Para obter detalhes sobre definição de preço, consulte a página de detalhes do serviço Elastic Beanstalk.

Para onde ir em seguida

Este guia contém informações conceituais sobre o serviço da Web do Elastic Beanstalk, bem como informações sobre como usar o serviço para implantar aplicações Web. Seções separadas descrevem como usar o console do Elastic Beanstalk, as ferramentas de Interface de Linhas de Comando (CLI) e a API para implantar e gerenciar seus ambientes do Elastic Beanstalk. Este guia também documenta como o Elastic Beanstalk é integrado a outros serviços fornecidos pela Amazon Web Services.

Recomendamos que você leia primeiro Conceitos básicos do Elastic Beanstalk para saber como começar a usar o Elastic Beanstalk. Os Conceitos básicos orientam você na criação, visualização e atualização da aplicação do Elastic Beanstalk, além de editar e encerrar o ambiente do Elastic Beanstalk. Os Conceitos básicos também descrevem diferentes maneiras de acessar o Elastic Beanstalk.

Para saber mais sobre uma aplicação do Elastic Beanstalk e seus componentes, consulte as páginas a seguir.