Configurar funções no console do AWS Lambda - AWS Lambda

Configurar funções no console do AWS Lambda

É possível usar o console do Lambda para definir configurações da função, adicionar triggers e destinos, além de atualizar e testar o código.

Para gerenciar uma função, abra a página Functions (Funções) do console do Lambda e escolha uma função. O designer de funções está na parte superior da página de configuração.


      O designer de funções no console do AWS Lambda.

O designer mostra uma visão geral de sua função e seus recursos upstream e downstream. É possível usá-lo para configurar gatilhos, camadas e destinos.

  • Gatilhos – gatilhos são serviços e recursos configurados para invocar sua função. Escolha Add trigger (Adicionar gatilho) para criar um mapeamento de origem de evento do Lambda ou para configurar um gatilho em outro serviço ao qual o console do Lambda se integra. Para obter detalhes sobre esses serviços e outros, consulte Usar o AWS Lambda com outros serviços.

  • Camadas– escolha o nó Layers (Camadas) para adicionar camadas ao seu aplicativo. Camada é um arquivo ZIP que contém bibliotecas, um tempo de execução personalizado ou outras dependências.

  • Destinos – adicione um destino à sua função para enviar detalhes sobre os resultados da invocação a outro serviço. É possível enviar registros de invocação quando sua função é invocada de forma assíncrona, ou por um mapeamento de origem de evento que lê de um fluxo.

Com o nó de função selecionado no designer, você pode modificar as configurações a seguir.

Configurações da função

  • Código – O código e as dependências da função. Para linguagens de script, você pode editar seu código de função no editor incorporado. Para adicionar bibliotecas, ou para linguagens incompatíveis com o editor, faça upload de um pacote de implantação. Se o pacote de implantação tiver mais de 50 MB, escolha Fazer upload de um arquivo do Amazon S3.

  • Tempo de execução – O tempo de execução do Lambda que executa a função.

  • Handler – O método que o tempo de execução executa quando a função é invocada, como index.handler. O primeiro valor é o nome do arquivo ou do módulo. O segundo valor é o nome do método.

  • Variáveis de ambiente – Pares de chave-valor que o Lambda define no ambiente de execução. Use variáveis de ambiente para estender a configuração da função fora do código.

  • Tags – Pares de chave-valor que o Lambda anexa ao recurso da função. Use tags para organizar as funções do Lambda em grupos de relatórios de custo e filtragem no console do Lambda.

    As tags se aplicam a toda a função, incluindo todas as versões e aliases.

  • Função de execução – A função do IAM que o AWS Lambda assume quando executa a função.

  • Descrição – Uma descrição da função.

  • Memory (Memória)– A quantidade de memória disponível para a função durante a execução. Escolha um valor entre 128 MB e 3,008 MB em incrementos de 64 MB.

    O Lambda aloca capacidade da CPU linearmente na proporção da quantidade de memória configurada. Em 1.792 MB, uma função tem o equivalente de um vCPU inteiro (um segundo de vCPU de créditos por segundo).

  • Tempo limite – A quantidade de tempo que o Lambda permite que uma função seja executada antes de encerrá-la. O padrão é 3 segundos. O valor máximo permitido é 900 segundos.

  • Virtual private cloud (VPC) – Se a função precisar de acesso à rede para recursos que não estão disponíveis pela Internet, configure-a para se conectar a uma VPC.

  • Database proxies (Proxies de banco de dados)crie um proxy de banco de dados para funções que usam uma instância de banco de dados ou cluster do Amazon RDS.

  • Active tracing (Rastreamento ativo) – Crie amostras de solicitações recebidas e rastreie solicitações de amostra com o AWS X-Ray.

  • SimultaneidadeReserve simultaneidade para uma função para definir o número máximo de execuções simultâneas para uma função. Provisione simultaneidade para garantir que uma função possa ser dimensionada sem flutuações na latência.

    A simultaneidade reservada se aplica a toda a função, incluindo todas as versões e aliases.

  • Asynchronous invocation (Invocação assíncrona)Configure o comportamento de tratamento de erros para reduzir o número de novas tentativas do Lambda ou o período de tempo que os eventos não processados permanecem enfileirados antes de o Lambda descartá-los. Configure uma fila de mensagens mortas para reter os eventos descartados.

    É possível definir configurações de tratamento de erros em uma função, versão ou alias.

Exceto conforme observado na lista anterior, só é possível alterar as configurações de função na versão não publicada de uma função. Quando você publica uma versão, o código e a maioria das configurações são bloqueadas para garantir uma experiência consistente para os usuários com essa versão. Use aliases para propagar as alterações de configuração de forma controlada.

Para configurar funções com a API do Lambda, use as seguintes ações:

Por exemplo, para atualizar a configuração de memória de uma função com a AWS CLI, use o comando update-function-configuration.

$ aws lambda update-function-configuration --function-name my-function --memory-size 256

Para ver as práticas recomendadas de configuração da função, consulte Configuração da função.