Gerenciamento de clusters usando o console - Amazon Redshift

Gerenciamento de clusters usando o console

Para criar, modificar, redimensionar, excluir, reinicializar e fazer backup de clusters, use a seção Clusters no console do Amazon Redshift.

Para visualizar clusters
  1. Faça login no AWS Management Console e abra o console do Amazon Redshift em https://console.aws.amazon.com/redshift/.

  2. No menu de navegação, escolha Clusters. Os clusters de sua conta na região atual da AWS são listados. Um subconjunto de propriedades de cada cluster é exibido nas colunas na lista. Se você não tiver nenhum cluster, escolha Create cluster (Criar cluster) para criar um.

  3. Escolha o nome do cluster na lista para visualizar mais detalhes sobre o cluster.

Criar um cluster

Antes de criar um cluster, leia Visão geral dos clusters do Amazon Redshift e Clusters e nós no Amazon Redshift.

Para criar um cluster
  1. Faça login no AWS Management Console e abra o console do Amazon Redshift em https://console.aws.amazon.com/redshift/.

  2. No menu de navegação, escolha Clusters. Os clusters de sua conta na região atual da AWS são listados. Um subconjunto de propriedades de cada cluster é exibido nas colunas na lista.

  3. Escolha Create cluster (Criar cluster) para criar um cluster.

  4. Siga as instruções na página do console para inserir as propriedades de Cluster configuration (Configuração do cluster).

    Escolha um dos seguintes métodos para dimensionar o cluster:

    nota

    A etapa a seguir descreve um console do Amazon Redshift que está sendo executado em uma região da AWS que suporta tipos de nó RA3. Para ver uma lista de regiões da AWS compatíveis com tipos de nó RA3, consulte “Visão geral dos tipos de nó RA3” no Guia de gerenciamento de clusters do Amazon Redshift.

    • Se suas região da AWS suporta tipos de nó RA3, escolha Produção ou Teste gratuito para responder à pergunta Para que você está planejando usar esse cluster?

      Se sua organização estiver qualificada, você poderá criar um cluster no programa gratuito de teste do Amazon Redshift. Para fazer isso, escolha Teste gratuito para criar uma configuração com o tipo de nó dc2.large. Para obter mais informações sobre a escolha de um teste gratuito, consulte Teste gratuito do Amazon Redshift.

    • Se você não souber o tamanho do cluster, escolha Ajude-me a escolher. Isso inicia uma calculadora de dimensionamento que faz perguntas sobre o tamanho e as características de consulta dos dados que você planeja armazenar em seu data warehouse.

      Se você souber o tamanho necessário do cluster (ou seja, o tipo de nó e o número de nós), escolha Eu escolherei. Em seguida, escolha o Tipo de nó e número de Nós para dimensionar seu cluster para a prova de conceito.

  5. Siga as instruções na página do console para inserir as propriedades deCluster details (Detalhes do cluster).

    nota

    Se você estiver atrás do firewall, a porta do banco de dados deverá ser uma porta aberta que aceite conexões de entrada.

  6. (Opcional) Siga as instruções na página do console para inserir as propriedades deCluster permissions (Permissões do cluster). Forneça permissões de cluster se seu cluster precisar acessar outros serviços da AWS para você, por exemplo, para carregar dados do Amazon S3.

  7. Para criar o cluster, escolha Create cluster (Criar cluster). Podem ser necessários alguns minutos para preparar o cluster para ser usado.

Configurações adicionais

Ao criar um cluster, é possível especificar propriedades adicionais para personalizá-lo. Você pode encontrar mais detalhes sobre algumas dessas propriedades na lista a seguir.

Nuvem privada virtual (VPC)

Escolha uma VPC que tenha um grupo de sub-redes. Após criar o cluster, o grupo de sub-redes não pode ser alterado.

Grupos de parâmetros

Selecione um parameter group de cluster para associar ao cluster. Se você não selecionar um, o cluster usará um parameter group padrão.

Criptografia

Selecione se deseja criptografar todos os dados no cluster e nos snapshots. Se você deixar a configuração padrão, None, a criptografia não será habilitada. Se desejar habilitar a criptografia, escolha se deseja usar o AWS Key Management Service (AWS KMS) ou um módulo de segurança de hardware (HSM) e defina as configurações relacionadas. Para obter mais informações sobre criptografia no Amazon Redshift, consulte Criptografia de banco de dados do Amazon Redshift.

  • KMS

    Selecione Use AWS Key Management Service (AWS KMS) [Usar o AWS Key Management Service (AWS KMS)] se quiser habilitar a criptografia e usar o AWS KMS para gerenciar a chave de criptografia. Escolha também a tecla para usar. É possível escolher uma chave padrão, uma chave da conta atual ou uma chave de outra conta.

    nota

    Se você desejar usar uma chave de outra conta da AWS, insira o nome do recurso da Amazon (ARN) da chave a ser utilizada. É preciso ter permissão para usar a chave. Para obter mais informações sobre acesso às chaves no AWS KMS, consulte Controlar o acesso às chaves no Guia do desenvolvedor do AWS Key Management Service.

    Para obter mais informações sobre criptografia AWS KMS no Amazon Redshift, consulte Criptografia de banco de dados do Amazon Redshift usando AWS KMS.

  • HSM

    Escolha HSM se deseja habilitar a criptografia e usar o módulo de segurança de hardware (HSM) para gerenciar sua chave de criptografia.

    Se você escolher HSM, selecione os valores em HSM Connection (Conexão HSM) e HSM Client Certificate (Certificado do cliente HSM). Esses valores são necessários para que o Amazon Redshift e o HSM formem uma conexão confiável pela qual a chave do cluster pode ser passada. A conexão HSM e o certificado do cliente devem ser configurados no Amazon Redshift antes de iniciar um cluster. Para obter mais informações sobre como configurar conexões de HSM e certificados do cliente, consulte Criptografia para Amazon Redshift usando módulos de segurança de hardware.

Maintenance track (Acompanhamento de manutenção)

É possível escolher se a versão usada do cluster é a Current (Atual), Trailing (Inicial) ou, algumas vezes, a trilha Preview (Demonstração).

Monitoramento

Você pode escolher se deseja criar alarmes CloudWatch.

Configure cross-region snapshot (Configurar snapshots entre regiões)

É possível escolher se deseja habilitar snapshots entre regiões.

Automated Snapshot Retention Period (Período de retenção de snapshot automático)

Você pode escolher o número de dias para reter esses snapshots dentro de 35 dias. Se o tipo de nó for DC2 ou DS2, você poderá escolher zero (0) dia para não criar snapshots automáticos.

Manual snapshot retention period (Período de retenção de snapshot manual)

Você pode escolher o número de dias ou Indefinitely para reter esses snapshots.

Modificar um cluster

Ao modificar um cluster, as alterações nas seguintes opções são aplicadas automaticamente:

  • VPC security groups (Grupos de segurança da VPC)

  • Publicly accessible

  • Admin user password (Senha do usuário administrador)

  • Conexão HSM

  • HSM Client Certificate

  • Detalhes da manutenção

  • Snapshot preferences (Preferências de snapshot)

As alterações nas seguintes opções serão implementadas somente depois que o cluster for reiniciado:

  • Identificador de Cluster

    O Amazon Redshift reinicia o cluster automaticamente quando você altera o Identificador de cluster.

  • Enhanced VPC routing

    O Amazon Redshift reinicia o cluster automaticamente quando você altera o Roteamento aprimorado da VPC.

  • Grupo de parâmetros do cluster

Se você diminuir o período de retenção de snapshot automatizado, os snapshots automatizados existentes cujas configurações estejam fora do novo período de retenção serão excluídos. Para mais informações, consulte Snapshots do Amazon Redshift.

Para obter mais informações sobre as propriedades do cluster, consulte Configurações adicionais.

Para modificar um cluster
  1. Faça login no AWS Management Console e abra o console do Amazon Redshift em https://console.aws.amazon.com/redshift/.

  2. No menu de navegação, escolha Clusters.

  3. Escolha o cluster a ser modificado.

  4. Escolha Edit (Editar). A página Editar cluster é exibida.

  5. Atualize as propriedades do cluster. Algumas das propriedades que você pode modificar são:

    • Identificador de Cluster

    • Retenção de snapshots

    • Realocação de cluster

    Para editar configurações de Rede e segurança, Manutenção e Configurações do banco de dados, o console fornece links para a guia de detalhes do cluster apropriada.

  6. Selecione Save changes.

Excluir um cluster

Se você não precisa mais de seu cluster, é possível excluí-lo. Se você pretende disponibilizar um novo cluster com os mesmos dados e configuração daquele que você está excluindo, precisará de um snapshot manual. Usando um snapshot manual, você poderá restaurar o snapshot posteriormente e continuar usando o cluster. Se você excluir seu cluster e não criar um snapshot manual final, os dados do cluster serão excluídos. Em ambos os casos, os snapshots automatizados são excluídos depois que o cluster é excluído, mas todos os snapshots manuais são mantidos até que você os exclua. Pode haver uma cobrança de taxas de armazenamento do Amazon Simple Storage Service para snapshots manuais, dependendo da quantidade de armazenamento disponível para os snapshots do Amazon Redshift para seus clusters. Para mais informações, consulte Desativação e exclusão de clusters.

Para excluir um cluster
  1. Faça login no AWS Management Console e abra o console do Amazon Redshift em https://console.aws.amazon.com/redshift/.

  2. No menu de navegação, escolha Clusters.

  3. Escolha o cluster a ser excluído.

  4. Em Actions, escolha Delete. A página Delete cluster (Excluir cluster) é exibida.

  5. Escolha Delete Cluster (Excluir cluster).

Reinicialização de um cluster

Quando você reinicializa um cluster, o status do cluster é definido como rebooting e um evento de cluster será criado quando a reinicialização for concluída. Todas as modificações pendentes do cluster são aplicadas nesta reinicialização.

Para reinicializar um cluster
  1. Faça login no AWS Management Console e abra o console do Amazon Redshift em https://console.aws.amazon.com/redshift/.

  2. No menu de navegação, escolha Clusters.

  3. Escolha o cluster a ser reiniciado.

  4. Em Actions (Ações), escolha Reboot cluster (Reiniciar cluster). A página Reboot cluster (Reinicializar cluster) é exibida.

  5. EscolhaReboot cluster (Reinicializar cluster).

Redimensionamento de um cluster

Ao redimensionar um cluster, você especifica vários nós ou tipos de nó diferentes da configuração atual do cluster. Enquanto o cluster está no processo de redimensionamento, não é possível executar consultas que façam operações de gravação ou leitura/gravação no cluster. Somente a leitura de consultas é possível.

Para obter mais informações sobre o redimensionamento de clusters, incluindo uma demonstração do processo de redimensionamento de clusters usando diferentes abordagens, consulte Redimensionar clusters no Amazon Redshift.

Para redimensionar um cluster
  1. Faça login no AWS Management Console e abra o console do Amazon Redshift em https://console.aws.amazon.com/redshift/.

  2. No menu de navegação, escolha Clusters.

  3. Escolha o cluster a ser redimensionado.

  4. Em Actions (Ações), escolha Resize (Redimensionar). A página Resize cluster (Redimensionar cluster) é exibida.

  5. Siga as instruções na página. Você pode redimensionar o cluster agora, uma vez em um momento específico, ou aumentar e diminuir o tamanho do cluster definindo uma programação.

  6. Dependendo das suas opções, escolha Resize now (Redimensionar agora) ou Schedule resize (Agendar redimensionamento).

Se você tiver nós reservados, por exemplo nós reservados DS2, poderá atualizar para nós reservados RA3. Faça isso usando o console para restaurar a partir de um snapshot ou para executar um redimensionamento elástico. Você pode usar o console se orientar nesse processo. Para obter mais informações sobre a atualização para nós RA3, consulte Atualizar para os tipos de nó RA3.

Atualizar a versão de um cluster

É possível atualizar a versão de manutenção de um cluster que tem um valor Release Status (Status da versão) de New release available (Nova versão disponível). Ao atualizar a versão de manutenção, você pode optar por atualizar imediatamente ou atualizar na próxima janela de manutenção.

Importante

Se você atualizar imediatamente, o cluster ficará offline até que a atualização seja concluída.

Para atualizar um cluster para uma nova versão
  1. Faça login no AWS Management Console e abra o console do Amazon Redshift em https://console.aws.amazon.com/redshift/.

  2. No menu de navegação, escolha Clusters.

  3. Escolha o cluster a ser atualizado

  4. Em Actions (Ações), escolha Upgrade cluster version (Atualizar versão de cluster). A página Upgrade cluster version (Atualizar versão de cluster) é exibida.

  5. Siga as instruções na página.

  6. Escolha Upgrade cluster version (Atualizar versão de cluster).

Informações sobre a configuração de clusters

Para exibir informações sobre um cluster
  1. Faça login no AWS Management Console e abra o console do Amazon Redshift em https://console.aws.amazon.com/redshift/.

  2. No menu de navegação, escolha Clusters e o nome do cluster na lista para abrir os respectivos detalhes. Os detalhes do cluster são exibidos, podendo incluir as guias Cluster performance (Performance do cluster), Query monitoring (Monitoramento de consultas), Databases (Bancos de dados), Datashares (Unidades de compartilhamento de dados), Schedules (Programação), Maintenance (Manutenção) e Properties (Propriedades).

  3. Escolha cada guia para visualizar mais detalhes.

Obter uma visão geral do status de clusters

Para visualizar o status de um cluster
  1. Faça login no AWS Management Console e abra o console do Amazon Redshift em https://console.aws.amazon.com/redshift/.

  2. No menu de navegação, escolha Clusters.

  3. Visualize o status do cluster na coluna Status.

Criar um snapshot de um cluster

Para criar um snapshot de um cluster
  1. Faça login no AWS Management Console e abra o console do Amazon Redshift em https://console.aws.amazon.com/redshift/.

  2. No menu de navegação, escolha Clusters.

  3. Escolha o cluster do qual criar um snapshot.

  4. Em Actions (Ações), escolha Create snapshot (Criar snapshot). A página Create snapshot (Criar snapshot) é exibida.

  5. Siga as instruções na página.

  6. Escolha Create snapshot (Criar snapshot).

Criar ou editar um alarme de espaço em disco

Para criar um alarme de uso de espaço em disco de um cluster
  1. Faça login no AWS Management Console e abra o console do Amazon Redshift em https://console.aws.amazon.com/redshift/.

  2. No menu de navegação, escolha Alarms (Alarmes).

  3. Em Actions (Ações), escolha Create alarm (Criar alarme). A página Create alarm (Criar alarme) é exibida.

  4. Siga as instruções na página.

  5. Selecione Create alarm (Criar alarme).

Utilização dos dados de performance do cluster

No console, é possível trabalhar com a performance do cluster na guia Cluster performance (Performance do cluster) da página de detalhes do cluster.