Princípios de design - Pilar Eficiência de performance

Princípios de design

Os princípios de design a seguir podem ajudar você a alcançar e manter cargas de trabalho eficientes na nuvem.

  • Democratizar tecnologias avançadas: facilite a implementação de tecnologias avançadas para a sua equipe delegando tarefas complexas ao seu fornecedor de nuvem. Em vez de solicitar que sua equipe de TI aprenda sobre como hospedar e executar uma nova tecnologia, avalie a possibilidade de consumir a tecnologia como um serviço. Por exemplo, bancos de dados NoSQL, transcodificação de mídia e machine learning são tecnologias que exigem altos níveis de especialização. Na nuvem, essas tecnologias se tornam serviços que sua equipe pode consumir, permitindo que a equipe se concentre no desenvolvimento de produtos, em vez de provisionamento e gerenciamento de recursos.

  • Tornar-se global em poucos minutos: a implantação da workload em várias regiões da AWS em todo o mundo permite que você forneça baixa latência e uma experiência melhor para os clientes a um custo mínimo.

  • Usar arquiteturas sem servidor: As arquiteturas sem servidor eliminam a necessidade de executar e manter servidores físicos para realizar atividades tradicionais de computação. Os serviços de armazenamento sem servidor, por exemplo, podem atuar como sites estáticos (eliminando a necessidade de servidores da web) e os serviços de eventos podem hospedar o código. Isso elimina o fardo operacional do gerenciamento de servidores físicos e pode reduzir os custos transacionais, pois os serviços gerenciados operam em escala de nuvem.

  • Experimentar com mais frequência: Com recursos virtuais e automatizáveis, você pode executar rapidamente testes comparativos usando diferentes tipos de instâncias, armazenamento ou configurações.

  • Considerar a afinidade mecânica: use a abordagem tecnológica que se alinhe melhor às suas metas. Por exemplo, avalie padrões de acesso a dados ao selecionar abordagens de banco de dados ou armazenamento.