O que é o Amazon CloudFront? - Amazon CloudFront

O que é o Amazon CloudFront?

O Amazon CloudFront é um serviço da web que acelera a distribuição do conteúdo estático e dinâmico da web, como arquivos .html, .css, .js e arquivos de imagem, para os usuários. O CloudFront distribui o conteúdo por meio de uma rede global de datacenters denominados pontos de presença. Quando um usuário solicita um conteúdo que você está disponibilizando com o CloudFront, a solicitação é roteada para o ponto de presença que fornece a menor latência (atraso), assim o conteúdo é entregue com a melhor performance possível.

  • Se o conteúdo já estiver no ponto de presença com a menor latência, o CloudFront o entregará imediatamente.

  • Se o conteúdo não estiver nesse ponto de presença, o CloudFront o recuperará de uma origem definida, como um bucket do Amazon S3, um canal do MediaPackage ou um servidor HTTP (por exemplo, um servidor web), que você identificou como a fonte para a versão definitiva do conteúdo.

Por exemplo, suponha que você esteja exibindo uma imagem de um servidor web tradicional, e não do CloudFront. Por exemplo, você pode fornecer uma imagem, sunsetphoto.png, usando a URL http://example.com/sunsetphoto.png.

Seus usuários podem navegar facilmente para esse URL e ver a imagem. Mas provavelmente não sabem que sua solicitação é roteada de uma rede para outra - por meio da coleção complexa de redes interconectadas que compõem a Internet - até que a imagem seja encontrada.

O CloudFront acelera a distribuição do seu conteúdo encaminhando cada solicitação de usuário por meio da rede de estrutura da AWS para o local da borda capaz de veicular melhor seu conteúdo. Normalmente, esse é um servidor de borda do CloudFront que fornece a entrega mais rápida ao visualizador. Usar a rede da AWS reduz drasticamente o número de redes pelas quais as solicitações dos usuários devem passar, melhorando o desempenho. Os usuários obtêm menos latência (o tempo que leva para carregar o primeiro byte do arquivo) e taxas de transferência de dados maiores.

Você também pode obter mais confiabilidade e disponibilidade porque as cópias de seus arquivos (também conhecidos como objetos) agora são mantidos (ou armazenados em cache) em vários pontos de presença em todo o mundo.

Como configurar o CloudFront para entregar conteúdo

Você cria uma distribuição do CloudFront para informar ao CloudFront de onde você deseja que o conteúdo seja entregue e os detalhes sobre como rastrear e gerenciar a entrega do conteúdo. O CloudFront usa os computadores, servidores de borda, que estão próximos dos visualizadores para entregar esse conteúdo rapidamente quando alguém desejar vê-lo ou usá-lo.

 
				Como o CloudFront funciona

Como configurar o CloudFront para entregar seu conteúdo

  1. Especifique os servidores de origem, como um bucket do Amazon S3 ou seu próprio servidor HTTP, dos quais o CloudFront obtém os arquivos que serão distribuídos de pontos de presença do CloudFront no mundo todo.

    Um servidor de origem armazena a versão original e definitiva de seus objetos. Se você estiver fornecendo conteúdo por HTTP, o servidor de origem será um bucket do Amazon S3 ou servidor HTTP, como um servidor da web. Seu servidor HTTP pode ser executado em uma instância do Amazon Elastic Compute Cloud (Amazon EC2) ou em um servidor gerenciado por você. Esses servidores também são conhecidos como origens personalizadas.

  2. Faça upload dos seus arquivos nos servidores de origem. Seus arquivos, também conhecidos como objetos, geralmente incluem páginas da Web, imagens e arquivos de mídia, mas podem ser qualquer coisa capaz de ser oferecida por HTTP.

    Se você estiver usando um bucket do Amazon S3 como servidor de origem, poderá tornar os objetos dele publicamente legíveis, para que qualquer pessoa com os URLs do CloudFront dos objetos possa acessá-los. Você também tem a opção de manter os objetos privados e controlar quem os acessa. Consulte Veicular conteúdo privado com signed URLs e cookies.

  3. Crie uma distribuição do CloudFront, que informa ao CloudFront de quais servidores de origem obter os arquivos quando os usuários os solicitam no site ou na aplicação. Especifique também detalhes, por exemplo, se deseja que o CloudFront registre todas as solicitações e que a distribuição seja ativada quando criada.

  4. O CloudFront atribui um nome de domínio à nova distribuição que pode ser visto no console do CloudFront ou que é retornado na resposta a uma solicitação programática, por exemplo, uma solicitação de API. Em vez disso, se preferir, você pode adicionar um nome de domínio alternativo.

  5. O CloudFront envia a configuração (mas não o conteúdo) da distribuição a todos os pontos de presença ou POPs, que são conjuntos de servidores em datacenters geograficamente dispersos nos quais o CloudFront armazena cópias dos objetos em cache.

Ao desenvolver o site ou a aplicação, use o nome de domínio fornecido pelo CloudFront para seus URLs. Por exemplo, se o CloudFront retornar d111111abcdef8.cloudfront.net como o nome de domínio da distribuição, o URL de logo.jpg do bucket do Amazon S3 (ou diretório raiz de um servidor HTTP) será http://d111111abcdef8.cloudfront.net/logo.jpg.

Ou é possível configurar o CloudFront para usar seu próprio nome de domínio com a distribuição. Nesse caso, o URL pode ser http://www.example.com/logo.jpg.

Opcionalmente, é possível configurar o servidor de origem para adicionar cabeçalhos aos arquivos a fim de indicar o tempo de permanência dos arquivos no cache dos pontos de presença do CloudFront. Por padrão, cada arquivo permanece em um ponto de presença por 24 horas antes de expirar. O tempo mínimo de expiração é 0 segundo. Não há um tempo máximo de expiração. Para obter mais informações, consulte Gerenciar o tempo de permanência do conteúdo no cache (expiração).