Personalizar o formato do URL para arquivos no CloudFront - Amazon CloudFront

Personalizar o formato do URL para arquivos no CloudFront

Depois de configurar a origem com os objetos (conteúdo) que você deseja que o CloudFront forneça a seus visualizadores, use os URLs corretos para fazer referência a esses objetos no site ou no código da aplicação para que o CloudFront possa fornecê-los.

O nome de domínio usado nos URLs para objetos nas páginas da web ou no aplicativo web pode ser um dos seguintes:

  • O nome de domínio, como d111111abcdef8.cloudfront.net, que o CloudFront atribui automaticamente ao criar uma distribuição

  • O seu próprio nome de domínio, como example.com

Por exemplo, use um dos seguintes URLs para retornar o arquivo image.jpg:

http://d111111abcdef8.cloudfront.net/images/image.jpg

http://example.com/images/image.jpg

Você usa o mesmo formato de URL para armazenar o conteúdo em buckets do Amazon S3 ou em uma origem personalizada, como um de seus próprios servidores Web.

nota

O formato do URL depende, em parte, do valor especificado para Caminho de origem na distribuição. Esse valor fornece ao CloudFront um caminho de diretório superior para os seus objetos. Para mais informações sobre a configuração do caminho de origem ao criar uma distribuição, consulte Origin Path.

Para obter mais informações sobre formatos de URL, consulte as seções a seguir.

Uso do próprio nome de domínio (Example.com)

Em vez de usar o nome de domínio padrão que o CloudFront atribui para você ao criar uma distribuição, você pode adicionar um nome de domínio alternativo que facilite o trabalho, como example.com. Ao configurar o seu próprio nome de domínio com o CloudFront, use um URL como este para objetos na distribuição:

http://example.com/images/image.jpg

Se você planejar usar HTTPS entre os visualizadores e o CloudFront, consulte Usar nomes de domínio alternativos e HTTPS.

Uso de uma barra (/) no final dos URLs

Ao especificar URLs para diretórios na distribuição do CloudFront, escolha sempre usar ou nunca usar uma barra no final. Por exemplo, escolha apenas um dos seguintes formatos para todos os URLs:

http://d111111abcdef8.cloudfront.net/images/

http://d111111abcdef8.cloudfront.net/images

Por que é importante?

Os dois formatos funcionam para vinculação aos objetos do CloudFront, mas ser consistente pode ajudar a evitar problemas quando você desejar invalidar um diretório posteriormente. O CloudFront armazena os URLs exatamente como eles são definidos, incluindo as barras no final. Portanto, se o formato for inconsistente, será necessário invalidar os URLs de diretório com e sem a barra, a fim de garantir que o CloudFront remova o diretório.

É inconveniente ter que invalidar ambos os formatos de URLs, podendo gerar custos adicionais. Isso ocorre porque se você precisar duplicar invalidações para cobrir os dois tipos de URLs, poderá exceder o número máximo de invalidações livres permitidas para o mês. E se isso acontecer, será necessário pagar por todas as invalidações, mesmo que exista apenas um formato para cada URL de diretório no CloudFront.

Criação de URLs assinados para conteúdo restrito

Se possuir conteúdo para o qual deseja restringir o acesso, crie URLs assinados. Por exemplo, se deseja distribuir o conteúdo apenas para os usuários autenticados, crie URLs válidos somente durante um período específico ou disponíveis somente a partir de um endereço IP específico. Para obter mais informações, consulte Veicular conteúdo privado com signed URLs e cookies.