Interromper e iniciar um cluster de banco de dados do Amazon Aurora - Amazon Aurora

Interromper e iniciar um cluster de banco de dados do Amazon Aurora

Interromper e iniciar os clusters do Amazon Aurora ajuda a gerenciar os custos dos ambientes de teste e desenvolvimento. Você pode interromper temporariamente todas as instâncias de banco de dados em seu cluster, em lugar de configurar e destruir todas as instâncias cada vez que você usa o cluster.

Visão geral de como interromper e iniciar um cluster de banco de dados do Aurora

Durante os períodos em que você não precisa de um cluster do Aurora, você pode interromper todas as instâncias nesse cluster de uma só vez. Você pode iniciar o cluster novamente a qualquer momento, sempre que precisar usá-lo. Iniciar e interromper simplifica os processos de configuração e destruição dos clusters usados em desenvolvimento, teste ou atividades afins que não exijam disponibilidade contínua. Você pode realizar todos os procedimentos do AWS Management Console envolvidos somente com uma ação única, independentemente de quantas instâncias estão no cluster.

Durante a interrupção do cluster de banco de dados, serão cobrados somente o armazenamento do cluster, os snapshots manuais e o armazenamento do backup automático dentro da janela de retenção especificada. Não haverá cobrança por horas de instância de banco de dados.

Importante

Você pode interromper um cluster de banco de dados por até sete dias. Se você não iniciar o cluster de banco de dados manualmente após sete dias, ele será iniciado automaticamente para que não perca nenhuma atualização de manutenção necessária.

Para minimizar as cobranças para um cluster do Aurora levemente carregado, você pode interromper o cluster em vez de excluir todas as réplicas do Aurora dele. Para clusters com mais de uma ou duas instâncias, a frequente exclusão e recriação de instâncias de banco de dados só é prática usando a AWS CLI ou a API do Amazon RDS. Uma sequência de operações como essa também pode ser difícil de realizar na ordem correta. Por exemplo, a exclusão de todas as réplicas do Aurora antes da exclusão da instância primária para evitar a ativação do mecanismo de failover.

Evite iniciar e interromper se você precisar manter seu cluster de banco de dados em execução mas ele tiver mais capacidade do que o necessário. Se o cluster for muito caro ou não estiver muito ocupado, exclua uma ou mais instâncias de banco de dados ou altere todas as suas instâncias de banco de dados para uma classe de instância pequena. Não é possível interromper uma instância de banco de dados individual do Aurora.

Limitações para interromper e iniciar clusters de banco de dados do Aurora

Alguns cluster do Aurora não podem ser interrompidos e iniciados.

Se um cluster existente não puder ser interrompido e iniciado, a ação Stop (Interromper) não estará disponível no menu Actions (Ações) na página Databases (Bancos de dados) nem na página de detalhes.

Interromper um cluster de banco de dados do Aurora

Para usar um cluster de banco de dados do Aurora ou administrá-lo, você sempre deve começar com um cluster de banco de dados do Aurora em execução, depois interromper o cluster, e depois iniciá-lo novamente. Durante a interrupção do cluster, serão cobrados o armazenamento do cluster, os snapshots manuais e o armazenamento do backup automático dentro da janela de retenção especificada. As horas de instância de banco de dados não serão cobradas.

A operação de interrupção interrompe as instâncias de réplica do Aurora primeiro e, em seguida, a instância primária, para evitar a ativação do mecanismo de failover.

Não é possível interromper um cluster de banco de dados que aja como o destino de replicação dos dados de um outro cluster de banco de dados, ou que aja como o mestre de replicação e transmita dados para um outro cluster.

Não é possível interromper determinados tipos de clusters. Atualmente, não é possível interromper um cluster que faz parte de um cluster de vários mestres ou banco de dados global do Aurora

Para interromper um cluster do Aurora
  1. Faça login no AWS Management Console e abra o console do Amazon RDS em https://console.aws.amazon.com/rds/.

  2. No painel de navegação, escolha Databases (Bancos de dados) e escolha um cluster. Você pode executar a operação de interrupção nesta página ou navegar até a página de detalhes do cluster de banco de dados que você deseja interromper.

  3. Em Actions (Ações), escolha Stop temporarily (Parar temporariamente).

    Se um cluster de banco de dados não puder ser interrompido e iniciado, a ação Stop temporarily (Parar temporariamente) não estará disponível no menu Actions (Ações) na página Databases (Bancos de dados) nem na página de detalhes. Para os tipos de clusters que você não pode iniciar e interromper, consulte Limitações para interromper e iniciar clusters de banco de dados do Aurora.

  4. Na janela Stop DB cluster temporarily (Interromper temporariamente o cluster de banco de dados), selecione a confirmação de que o cluster de banco de dados será reiniciado automaticamente após sete dias.

  5. Escolha Stop temporarily (Parar temporariamente) para interromper o cluster de banco de dados, ou escolha Cancel (Cancelar) para cancelar a operação.

Para interromper uma instância de banco de dados usando a AWS CLI, chame o comando stop-db-cluster com os seguintes parâmetros:

  • --db-cluster-identifier – o nome do cluster do Aurora.

aws rds stop-db-cluster --db-cluster-identifier mydbcluster

Para interromper uma instância de banco de dados usando a API do Amazon RDS, chame a operação StopDBCluster com o seguinte parâmetro:

  • DBClusterIdentifier – o nome do cluster do Aurora.

Operações possíveis quando um cluster de banco de dados do Aurora foi interrompido

Com um cluster de banco de dados do Aurora interrompido, você pode executar uma restauração point-in-time para qualquer ponto dentro da janela de retenção especificada para o backup automático. Para obter detalhes sobre como realizar uma restauração point-in-time, consulte Como restaurar dados.

Você não poderá modificar a configuração de um cluster de banco de dados do Aurora, ou de qualquer uma de suas instâncias de banco de dados, enquanto o cluster estiver interrompido. Também não é possível adicionar ou remover instâncias de banco de dados do cluster ou excluir o cluster, se ele ainda tiver alguma instância de banco de dados associada. Você deverá iniciar o cluster antes de realizar uma dessas ações administrativas.

Parar um cluster de banco de dados remove ações pendentes, exceto para o grupo de parâmetro de cluster de banco de dados ou para os grupos de parâmetros de banco de dados das instâncias de cluster de banco de dados.

O Aurora aplicará as manutenções programadas em seu cluster interrompido depois que ele for reiniciado. Lembre-se de que após sete dias o Aurora inicia automaticamente qualquer cluster interrompido para não atrasar demais seu status de manutenção.

O Aurora também não realizará nenhum backup automático, pois os dados subjacentes não poderão ser alterados enquanto o cluster estiver interrompido. O Aurora não estende o período de retenção de backup enquanto o cluster está interrompido.

Iniciar um cluster de banco de dados do Aurora

Você deve sempre iniciar um cluster de banco de dados do Aurora começando com um cluster do Aurora que já esteja em estado interrompido. Quando você inicia o cluster, todas as suas instâncias de banco de dados ficam disponíveis novamente. O cluster mantém suas configurações, como endpoints, parameter groups e grupos de segurança da VPC.

A reinicialização de um cluster de banco de dados normalmente leva vários minutos.

Para iniciar um cluster do Aurora
  1. Faça login no AWS Management Console e abra o console do Amazon RDS em https://console.aws.amazon.com/rds/.

  2. No painel de navegação, escolha Databases (Bancos de dados) e escolha um cluster. É possível executar a operação de início nesta página ou navegar até a página de detalhes do cluster de banco de dados que você deseja iniciar.

  3. Em Actions (Ações), escolha Start (Iniciar).

Para iniciar um cluster de banco de dados usando a AWS CLI, chame o comando start-db-cluster com os seguintes parâmetros:

  • --db-cluster-identifier – o nome do cluster do Aurora. Esse nome é um identificador específico do cluster que você escolheu quando criou o cluster ou o DB instance identifier que você escolheu, com -cluster anexado no final.

aws rds start-db-cluster --db-cluster-identifier mydbcluster

Para iniciar um cluster de banco de dados do Aurora usando a API do Amazon RDS, chame a operação StartDBCluster com o seguinte parâmetro:

  • DBCluster – o nome do cluster do Aurora. Esse nome é um identificador específico do cluster que você escolheu quando criou o cluster ou o DB instance identifier que você escolheu, com -cluster anexado no final.