Modificar um cluster de banco de dados do Aurora Serverless v1 - Amazon Aurora

Modificar um cluster de banco de dados do Aurora Serverless v1

Depois de configurar o cluster de banco de dados do Aurora Serverless v1, é possível modificar sua configuração de escalabilidade com o AWS Management Console, a AWS CLI ou a API do RDS.

As capacidades mínima e máxima podem ser definidas para o cluster de banco de dados. Cada unidade de capacidade é equivalente a uma configuração específica de computação e de memória. O Aurora Serverless v1 cria automaticamente regras de escalabilidade de limites para utilização de CPU, conexões e memória disponível. Também é possível definir se o Aurora Serverless v1 pausa o banco de dados quando não há nenhuma atividade e se retoma quando a atividade começa novamente.

Você pode definir os seguintes valores específicos:

  • Minimum Aurora capacity unit (Unidade de capacidade mínima do Aurora): o Aurora Serverless v1 pode reduzir a capacidade até essa unidade de capacidade.

  • Maximum Aurora capacity unit (Unidade de capacidade máxima do Aurora): o Aurora Serverless v1 pode aumentar a capacidade até essa unidade de capacidade.

  • Autoscaling timeout and action (Tempo limite e ação de autoescalabilidade): esta seção especifica quanto tempo o Aurora Serverless aguarda até encontrar um ponto de escalabilidade antes de expirar. Também especifica a ação a ser executada quando uma alteração de capacidade expira, pois não consegue encontrar um ponto de escalabilidade. O Aurora pode forçar a alteração na capacidade para definir a capacidade para o valor especificado assim que possível. Ou, pode reverter a alteração na capacidade para cancelá-la. Para obter mais informações, consulte Ação de tempo limite para alterações na capacidade.

  • Pause after inactivity (Pausar depois de inatividade) – a quantidade de tempo sem tráfego no banco de dados que determina o redimensionamento da capacidade de processamento para zero. Quando o tráfego no banco de dados é retomado, o Aurora retoma automaticamente a capacidade de processamento e escala para tratar o tráfego.

Você pode modificar a configuração de escalabilidade de um cluster de banco de dados do Aurora com o AWS Management Console.

Como modificar um cluster de banco de dados do Aurora Serverless v1

  1. Abra o console do Amazon RDS em https://console.aws.amazon.com/rds/.

  2. No painel de navegação, escolha Databases (Bancos de dados).

  3. Escolha o cluster de banco de dados do Aurora Serverless v1 que você deseja modificar.

  4. Em Actions (Ações), escolha Modify cluster (Modificar cluster).

  5. Na seção Capacity settings (Configurações da capacidade), modifique a configuração de escalabilidade.

    
                         Configurar as capacidades mínima e máxima de um cluster de banco de dados do Aurora Serverless v1 com o console
  6. Escolha Continue.

  7. Selecione Modify Cluster (Modificar cluster).

    A alteração é aplicada imediatamente.

Para modificar a configuração de escalabilidade do cluster de banco de dados do Aurora Serverless v1 usando a AWS CLI, execute o comando modify-db-cluster da AWS CLI. Especifique a opção --scaling-configuration para configurar a capacidade mínima, a capacidade máxima e a pausa automática quando não houver conexões. Entre os valores de capacidade válidos estão os seguintes:

  • Aurora MySQL: 1, 2, 4, 8, 16, 32, 64, 128, e 256.

  • Aurora PostgreSQL: 2, 4, 8, 16, 32, 64, 192 e 384.

Neste exemplo, modifique a configuração de escalabilidade de um cluster de banco de dados do Aurora Serverless v1 chamado sample-cluster.

Para Linux, macOS ou Unix:

aws rds modify-db-cluster --db-cluster-identifier sample-cluster \ --scaling-configuration MinCapacity=8,MaxCapacity=64,SecondsUntilAutoPause=500,TimeoutAction='ForceApplyCapacityChange',AutoPause=true

Para Windows:

aws rds modify-db-cluster --db-cluster-identifier sample-cluster ^ --scaling-configuration MinCapacity=8,MaxCapacity=64,SecondsUntilAutoPause=500,TimeoutAction='ForceApplyCapacityChange',AutoPause=true

É possível modificar a configuração de escalabilidade de um cluster de banco de dados do Aurora com a operação da API ModifyDBCluster. Especifique o parâmetro ScalingConfiguration para configurar a capacidade mínima, a capacidade máxima e a pausa automática quando não houver conexões. Entre os valores de capacidade válidos estão os seguintes:

  • Aurora MySQL: 1, 2, 4, 8, 16, 32, 64, 128, e 256.

  • Aurora PostgreSQL: 2, 4, 8, 16, 32, 64, 192 e 384.