Regras de nomeação de bucket - Amazon Simple Storage Service

Regras de nomeação de bucket

As seguintes regras se aplicam aos buckets de nomeação no Amazon S3:

  • Os nomes dos buckets devem ter entre 3 e 63 caracteres.

  • Os nomes dos buckets podem consistir apenas em letras minúsculas, números, pontos (.) e hífens (-).

  • Os nomes dos buckets devem começar e terminar com uma letra ou um número.

  • Os nomes de bucket não devem ser formatados como um endereço IP (por exemplo, 192.168.5.4).

  • O nome do bucket não deve iniciar com o prefixo xn--.

  • Os nomes de bucket não podem terminar com o sufixo -s3alias. Esse sufixo se reserva a nomes de alias de ponto de acesso. Para obter mais informações, consulte Usar um alias em estilo de bucket para seu ponto de acesso.

  • Os nomes dos buckets devem ser exclusivos em uma partição. Uma partição é um agrupamento de regiões. A AWS atualmente tem três partições: aws (regiões Standard), aws-cn (regiões da China) e aws-us-gov (regiões GovCloud [EUA] da AWS).

  • Os buckets usados com o Amazon S3 Transfer Acceleration não podem ter pontos (.) em seus nomes. Para obter mais informações sobre o Transfer Acceleration, consulte Configurar transferências de arquivos rápidas e seguras usando o Amazon S3 Transfer Acceleration.

Para obter a melhor compatibilidade, recomendamos evitar o uso de pontos (.) em nomes de buckets, exceto em buckets usados apenas para hospedagem de sites estáticos. Se você incluir pontos no nome de um bucket, não poderá usar o endereçamento em estilo de host virtual por HTTPS, a menos que execute sua própria validação de certificado. Isso ocorre porque os certificados de segurança usados para hospedagem virtual de buckets não funcionam para buckets com pontos nos nomes.

Essa limitação não afeta os buckets usados para hospedagem de sites estáticos, pois essa hospedagem só está disponível via HTTP. Para obter mais informações sobre o endereçamento no estilo de hospedagem virtual, consulte Hospedagem virtual de buckets. Para obter mais informações sobre hospedagem de sites estáticos, consulte Hospedagem de um site estático usando o Amazon S3.

nota

Antes de 1º de março de 2018, os buckets criados na região Leste dos EUA (Norte da Virgínia) podiam ter nomes com até 255 caracteres e incluíam letras maiúsculas e sublinhados. A partir de 1º de março de 2018, os novos buckets na região Leste dos EUA (Norte da Virgínia) devem estar em conformidade com as mesmas regras aplicadas em todas as outras regiões.

Exemplo de nomes de bucket

Os nomes de buckets de exemplo a seguir são válidos e seguem as diretrizes de nomenclatura recomendadas:

  • docexamplebucket1

  • log-delivery-march-2020

  • my-hosted-content

Os nomes de buckets de exemplo a seguir são válidos, mas não recomendados para usos que não sejam hospedagem de sites estáticos:

  • docexamplewebsite.com

  • www.docexamplewebsite.com

  • my.example.s3.bucket

Os nomes de buckets de exemplo a seguir não são válidos:

  • doc_example_bucket (contém sublinhados)

  • DocExampleBucket (contém letras maiúsculas)

  • doc-example-bucket- (termina com um hífen)