AWS Elastic Beanstalk
Guia do desenvolvedor

Usar o Elastic Beanstalk com outros serviços da AWS

Para implementar os ambientes do seu aplicativo, o Elastic Beanstalk gerencia recursos de outros serviços da AWS ou usa sua funcionalidade. Além disso, o Elastic Beanstalk integra-se com os serviços da AWS que ela não use diretamente como parte de seus ambientes. Os tópicos nesta seção descrevem muitas maneiras de usar esses serviços adicionais com seu aplicativo do Elastic Beanstalk.

Visão geral da arquitetura

O diagrama a seguir ilustra um exemplo de arquitetura do Elastic Beanstalk em várias zonas de disponibilidade trabalhando com outros produtos da AWS, como o Amazon CloudFront, o Amazon Simple Storage Service (Amazon S3) e o Amazon Relational Database Service (Amazon RDS).


        Diagrama de arquitetura do Elastic Beanstalk

Para planejar a tolerância a falhas, é recomendável ter N+1 instâncias do Amazon EC2 e distribuí-las em várias zonas de disponibilidade. No caso improvável de que uma zona de disponibilidade ficar inativa, você ainda terá outras instâncias do Amazon EC2 em execução em outra zona de disponibilidade. Você pode ajustar o Amazon EC2 Auto Scaling para permitir um número mínimo de instâncias, bem como várias zonas de disponibilidade. Para obter instruções sobre como fazer isso, consulte O grupo do Auto Scaling de seu ambiente do AWS Elastic Beanstalk. Para obter mais informações sobre a criação de aplicativos tolerantes a falhas, consulte Criação de aplicativos tolerantes a falhas na AWS.

As seções a seguir discutem em mais detalhes a integração com o Amazon CloudFront, Amazon CloudWatch, Amazon DynamoDB Amazon ElastiCache, Amazon RDS, Amazon Route 53, Amazon Simple Storage Service, Amazon VPC e IAM.