Volume do dispositivo raiz do Amazon EC2 - Amazon Elastic Compute Cloud

Volume do dispositivo raiz do Amazon EC2

Quando você executa uma instância, o volume do dispositivo raiz contém a imagem usada para iniciar a instância. Quando lançamos o Amazon EC2, todas as AMIs tinham armazenamento de instâncias do Amazon EC2, o que significa que o dispositivo raiz de uma instância executada a partir da AMI é um volume de armazenamento de instâncias criado com base em um modelo armazenado no Amazon S3. Depois que lançamos o Amazon EBS, apresentamos as AMIs com Amazon EBS. Isso significa que o dispositivo raiz de uma instância executada na AMI é um volume do Amazon EBS criado de um snapshot do Amazon EBS.

Você pode escolher entre as AMIs com armazenamento de instâncias do Amazon EC2 e as AMIs com Amazon EBS. Recomendamos que você use AMIs com Amazon EBS, pois elas são executadas mais rapidamente e usam armazenamento persistente.

Importante

Somente os seguintes tipos de instância oferecem suporte a um volume de armazenamento de instâncias como o dispositivo raiz: C3, D2, G2, I2, M3 e R3.

Para obter mais informações sobre os nomes de dispositivos usados pelo Amazon EC2 para seus volumes raiz, consulte Nomenclatura de dispositivos em instâncias do Linux.

Conceitos de armazenamento do dispositivo raiz

Você pode executar uma instância da AMI com armazenamento de instâncias ou da AMI com Amazon EBS. A definição de uma AMI inclui que tipo de AMI ela é. Você encontrará referências ao dispositivo raiz em alguns lugares como ebs (com Amazon EBS) ou como instance store (com armazenamento de instâncias). Isso é importante, pois há diferenças significativas entre o que você pode fazer com cada tipo de AMI. Para obter mais informações sobre essas diferenças, consulte Armazenamento para o dispositivo raiz.

Instâncias baseadas em armazenamento de instâncias

As instâncias que usam armazenamentos de instâncias para o dispositivo raiz automaticamente têm um ou mais volumes de armazenamento de instâncias disponíveis, com volume servindo como volume de dispositivo raiz. Quando uma instância é executada, a imagem usada para inicializá-la é copiada para o volume do dispositivo raiz. Observe que você também usar volumes adicionais de armazenamento de instâncias, dependendo do tipo de instância.

Todos os dados nos volumes de armazenamento de instâncias são mantidos desde que a instância esteja em execução, mas esses dados serão excluídos quando a instância for encerrada (instâncias com armazenamento de instâncias não oferecem suporte à ação Stop (Interromper)) ou se ela falhar (por exemplo, se uma unidade subjacente tiver problemas).


     Dispositivo raiz na instância com armazenamento de instâncias do Amazon EC2

Após uma instância com armazenamento de instâncias falhar ou ser encerrada, ela não poderá ser restaurada. Se você planeja usar as instâncias baseadas em armazenamento de instâncias no Amazon EC2, recomendamos enfaticamente que distribua os dados nos seus armazenamentos de instâncias através de várias zonas de disponibilidade. Você também deve fazer backup dos dados críticos dos volumes de armazenamento de instâncias para o armazenamento persistente regularmente.

Para obter mais informações, consulte Armazenamento de instâncias do Amazon EC2.

Instâncias com Amazon EBS

As instâncias que usam o Amazon EBS para dispositivo raiz automaticamente têm um volume do Amazon EBS associado. Quando você executa uma instância com Amazon EBS, criamos um volume do Amazon EBS para cada snapshot do Amazon EBS mencionado pela AMI que você usa. Você também pode usar outros volumes do Amazon EBS ou volumes de armazenamento de instâncias, dependendo do tipo de instância.


     Volume do dispositivo raiz e outros volumes do Amazon EBS de uma instância com Amazon EBS

Uma instância com Amazon EBS pode ser interrompida e posteriormente reiniciada sem afetar os dados armazenados nos volumes associados. Há várias tarefas relacionadas a instâncias e volumes que você pode realizar quando uma instância com Amazon EBS estiver em estado interrompido. Por exemplo, você pode modificar as propriedades da instância, alterar seu tamanho ou atualizar o kernel que está usando ou você pode associar o volume o raiz a uma instância em execução diferente para depuração ou qualquer outra finalidade.

Se uma instância com Amazon EBS falhar, você poderá restaurar sua sessão seguindo um dos seguintes métodos:

  • Pare e reinicie (teste esse método primeiro).

  • Faça automaticamente o snapshot de todos os volumes relevantes e crie uma nova AMI. Para obter mais informações, consulte Criação de uma AMI do Linux com Amazon EBS.

  • Associe o volume à nova instância seguindo estas etapas:

    1. Crie um snapshot de novo volume raiz.

    2. Registre a nova AMI usando o snapshot.

    3. Execute uma nova instância a partir da nova AMI.

    4. Separe os volumes do Amazon EBS restantes da instância antiga.

    5. Reassocie os volumes do Amazon EBS à nova instância.

Para obter mais informações, consulte Volumes do Amazon EBS.

Escolher uma AMI por tipo de dispositivo raiz

A AMI que você especifica ao executar a instância determina o tipo de volume de dispositivo raiz que sua instância tem.

Para selecionar uma AMI com Amazon EBS usando o console

  1. Abra o console do Amazon EC2.

  2. No painel de navegação, selecione AMIs.

  3. Nas listas de filtros, selecione o tipo de imagem (por exemplo, Public images (Imagens públicas)). Na barra de pesquisa, escolha Platform (Plataforma) para selecionar o sistema operacional (como Amazon Linux) e Root Device Type (Tipo de dispositivo raiz) para selecionar EBS images (Imagens EBS).

  4. (Opcional) Para obter informações adicionais para ajudá-lo a fazer sua escolha, selecione o ícone Show/Hide Columns (Mostrar/ocultar colunas), atualize as colunas a serem exibidas e escolha Close (Fechar).

  5. Escolha uma AMI e anote seu ID da AMI.

Para selecionar uma AMI com armazenamento de instâncias usando o console

  1. Abra o console do Amazon EC2.

  2. No painel de navegação, selecione AMIs.

  3. Nas listas de filtros, selecione o tipo de imagem (por exemplo, Public images (Imagens públicas)). Na barra de pesquisa, escolha Platform (Plataforma) para selecionar o sistema operacional (como Amazon Linux) e Root Device Type (Tipo de dispositivo raiz) para selecionar Instance store (Armazenamento de instâncias).

  4. (Opcional) Para obter informações adicionais para ajudá-lo a fazer sua escolha, selecione o ícone Show/Hide Columns (Mostrar/ocultar colunas), atualize as colunas a serem exibidas e escolha Close (Fechar).

  5. Escolha uma AMI e anote seu ID da AMI.

Para verificar o tipo de volume do dispositivo raiz de uma AMI usando a linha de comando

Você pode usar um dos comandos a seguir. Para obter mais informações sobre essas interfaces de linha de comando, consulte Acessando o Amazon EC2.

Determinar o tipo de dispositivo raiz da instância

Novo console

Para determinar o tipo de dispositivo raiz de uma instância usando o console

  1. Abra o console do Amazon EC2 em https://console.aws.amazon.com/ec2/.

  2. No painel de navegação, selecione Instâncias e selecione a instância.

  3. Na guia Storage (Armazenamento), em Root device details (Detalhes do dispositivo raiz), verifique o valor de Root device type (Tipo de dispositivo raiz), da seguinte maneira:

    • Se o valor for EBS, essa será uma instância com Amazon EBS.

    • Se o valor for INSTANCE-STORE, essa será uma instância com armazenamento de instâncias.

Console antigo

Para determinar o tipo de dispositivo raiz de uma instância usando o console

  1. Abra o console do Amazon EC2 em https://console.aws.amazon.com/ec2/.

  2. No painel de navegação, selecione Instâncias e selecione a instância.

  3. Na guia Description (Descrição), verifique o valor de Root device type (Tipo de dispositivo raiz) da seguinte maneira:

    • Se o valor for ebs, essa será uma instância com Amazon EBS.

    • Se o valor for instance store, essa será uma instância com armazenamento de instâncias.

Para determinar o tipo de dispositivo raiz de uma instância usando a linha de comando

Você pode usar um dos comandos a seguir. Para obter mais informações sobre essas interfaces de linha de comando, consulte Acessando o Amazon EC2.

Alterar o volume raiz para persistir

Por padrão, o volume raiz de uma AMI com Amazon EBS é excluído quando a instância é encerrada. Você pode alterar o comportamento padrão para garantir que o volume persista após a interrupção da instância. Para alterar o comportamento padrão, defina o atributo DeleteOnTermination como false usando um mapeamento de dispositivos de blocos.

Configurar o volume raiz para persistir durante a execução da instância

Você pode configurar o volume raiz para persistir ao executar uma instância usando o console do Amazon EC2 ou as ferramentas de linha de comando.

Como configurar o volume raiz para persistir ao executar uma instância usando o console

  1. Abra o console do Amazon EC2 em https://console.aws.amazon.com/ec2/.

  2. No painel de navegação, escolha Instances (Instâncias) e Launch instances (Executar instâncias).

  3. Na página Choose an Amazon Machine Image (AMI) (Escolha uma imagem de máquina da Amazon), selecione as AMIs a serem usadas e escolha Select (Selecionar).

  4. Siga o assistente para preencher as páginas Choose an Instance Type e Configure Instance Details.

  5. Na página Add Storage (Adicionar armazenamento), desmarque Delete On Termination (Excluir ao encerrar) no volume raiz.

  6. Preencha as páginas restantes do assistente e escolha Launch (Executar).

Como configurar o volume raiz para persistir ao executar uma instância usando a AWS CLI

Use o comando run-instances e inclua um mapeamento de dispositivo de bloco que define o atributo DeleteOnTermination como false.

$ aws ec2 run-instances --block-device-mappings file://mapping.json ...other parameters...

Especifique o seguinte em mapping.json.

[ { "DeviceName": "/dev/sda1", "Ebs": { "DeleteOnTermination": false } } ]

Como configurar o volume raiz para persistir ao executar uma instância usando o Tools para Windows PowerShell

Use o comando New-EC2Instance e inclua um mapeamento de dispositivo de bloco que define o atributo DeleteOnTermination como false.

C:\> $ebs = New-Object Amazon.EC2.Model.EbsBlockDevice C:\> $ebs.DeleteOnTermination = $false C:\> $bdm = New-Object Amazon.EC2.Model.BlockDeviceMapping C:\> $bdm.DeviceName = "dev/xvda" C:\> $bdm.Ebs = $ebs C:\> New-EC2Instance -ImageId ami-0abcdef1234567890 -BlockDeviceMapping $bdm ...other parameters...

Configurar o volume raiz para persistir em uma instância existente

Você pode configurar o volume raiz para persistir em uma instância em execução usando apenas as ferramentas de linha de comando.

Como configurar o volume raiz para persistir em uma instância existente usando o AWS CLI

Use o comando modify-instance-attribute com um mapeamento de dispositivo de blocos que define o atributo DeleteOnTermination como false.

aws ec2 modify-instance-attribute --instance-id i-1234567890abcdef0 --block-device-mappings "[{\"DeviceName\": \"/dev/xvda\",\"Ebs\":{\"DeleteOnTermination\":false}}]"

Como configurar o volume raiz para persistir em uma instância existente usando o AWS Tools para Windows PowerShell

Use o comando Edit-EC2InstanceAttribute com um mapeamento de dispositivo de blocos que define o atributo DeleteOnTermination como false.

C:\> $ebs = New-Object Amazon.EC2.Model.EbsInstanceBlockDeviceSpecification C:\> $ebs.DeleteOnTermination = $false C:\> $bdm = New-Object Amazon.EC2.Model.InstanceBlockDeviceMappingSpecification C:\> $bdm.DeviceName = "/dev/xvda" C:\> $bdm.Ebs = $ebs C:\> Edit-EC2InstanceAttribute -InstanceId i-1234567890abcdef0 -BlockDeviceMapping $bdm

Confirmação de que um volume raiz está configurado para persistir

Você pode confirmar que um volume raiz está configurado para persistir usando o console do Amazon EC2 ou as ferramentas da linha de comando.

Novo console

Como confirmar se um volume raiz está configurado para persistir usando o console do Amazon EC2

  1. Abra o console do Amazon EC2 em https://console.aws.amazon.com/ec2/.

  2. No painel de navegação, escolha Instances (Instâncias) e selecione a instância.

  3. Na guia Storage (Armazenamento), em Block devices (Dispositivos de blocos), localize a entrada do volume raiz. Se a opção Delete on termination (Excluir ao encerrar) for No, o volume será configurado para persistir.

Console antigo

Como confirmar se um volume raiz está configurado para persistir usando o console do Amazon EC2

  1. Abra o console do Amazon EC2 em https://console.aws.amazon.com/ec2/.

  2. No painel de navegação, escolha Instances (Instâncias) e selecione a instância.

  3. Na guia Description (Descrição), escolha a entrada para o Root device (Dispositivo raiz). Se a opção Delete on termination (Excluir ao encerrar) for False, o volume será configurado para persistir.

Como confirmar que um volume raiz está configurado para persistir usando a AWS CLI

Use o comando describe-instances e verifique se o atributo DeleteOnTermination no elemento de resposta BlockDeviceMappings está definido como false.

$ aws ec2 describe-instances --instance-id i-1234567890abcdef0
... "BlockDeviceMappings": [ { "DeviceName": "/dev/sda1", "Ebs": { "Status": "attached", "DeleteOnTermination": false, "VolumeId": "vol-1234567890abcdef0", "AttachTime": "2013-07-19T02:42:39.000Z" } } ...

Como confirmar que um volume raiz está configurado para persistir usando o AWS Tools para Windows PowerShell

Use o Get-EC2Instance e verifique se o atributo DeleteOnTermination no elemento de resposta BlockDeviceMappings está definido como false.

C:\> (Get-EC2Instance -InstanceId i-i-1234567890abcdef0).Instances.BlockDeviceMappings.Ebs