Criar uma AMI do Linux baseada em Amazon EBS - Amazon Elastic Compute Cloud

Criar uma AMI do Linux baseada em Amazon EBS

Para criar uma AMI do Linux com Amazon EBS, comece a partir da instância que você executou de uma AMI existente do Linux com Amazon EBS. Pode ser uma AMI que você obteve do AWS Marketplace, uma AMI que você criou usando o AWS Server Migration Service ou o VM Import/Export, ou qualquer outra AMI à qual você tenha acesso. Depois de personalizar a instância para atender a suas necessidades, crie e registre uma nova AMI, que poderá ser usada para executar novas instâncias com essas personalizações.

Os procedimentos descritos abaixo funcionam para instâncias do Amazon EC2 baseada em volumes do Amazon Elastic Block Store (Amazon EBS) criptografados (incluindo o volume raiz), bem como para volumes descriptografados.

O processo de criação da AMI é diferente para as AMIs com armazenamento de instâncias. Para obter mais informações sobre as diferenças entre instâncias com Amazon EBS e instâncias com armazenamento de instâncias, e como determinar o tipo de dispositivo raiz para sua instância, consulte Armazenamento para o dispositivo raiz. Para obter mais informações sobre como criar uma AMI do Linux com armazenamento de instâncias, consulte Criar uma AMI em Linux com armazenamento de instâncias.

Para obter mais informações sobre como criar uma AMI do Windows baseada em Amazon EBS, consulte Criar uma AMI do Windows baseada em Amazon EBS no Guia do usuário do Amazon EC2 para instâncias do Windows.

Visão geral da criação de AMIs com Amazon EBS

Primeiro, execute uma instância de uma AMI semelhante à AMI que você deseja criar. Você pode conectá-la à sua instância e personalizá-la. Quando a instância estiver configurada corretamente, garanta a integridade dos dados interrompendo a instância antes de criar a AMI e, em seguida, crie a imagem. Quando você cria uma AMI com Amazon EBS, nós a registramos automaticamente para você.

O Amazon EC2 desativa a instância antes de criar a AMI para garantir que tudo na instância seja interrompido e esteja em um estado consistente durante o processo de criação. Se você estiver seguro de que sua instância está em um estado consistente e apropriado para a criação da AMI, poderá informar ao Amazon EC2 para não desativar e reiniciar a instância. Alguns sistemas de arquivos, como o XFS, podem congelar e descongelar atividades, tornando seguro criar a imagem sem reinicializar a instância.

Durante o processo de criação da AMI, o Amazon EC2 cria snapshots do volume raiz de sua instância e de todos os outros volumes do EBS anexados à sua instância. Você é cobrado pelos snapshots até que você cancele o registro da AMI e exclua os snapshots. Para obter mais informações, consulte Cancelar AMI do Linux. Se qualquer volume anexado à instância estiver criptografado, a nova AMI só será executada com êxito em instâncias compatíveis com o Criptografia de Amazon EBS. Para obter mais informações, consulte Criptografia de Amazon EBS.

Dependendo do tamanho dos volumes, pode levar vários minutos para que o processo de criação da AMI se complete (às vezes até 24 horas). Talvez seja mais eficaz criar snapshots de seus volumes antes de criar sua AMI. Dessa forma, apenas snapshots pequenos e incrementais precisam ser criados quando a AMI é criada, e o processo é concluído mais rapidamente (o tempo total para a criação de snapshot permanece o mesmo.) Para obter mais informações, consulte Criar snapshots de Amazon EBS.

Após a conclusão do processo, uma nova AMI e um snapshot serão criados do volume raiz da instância. Quando você executa uma instância usando a nova AMI, criamos um novo volume do EBS para o volume raiz dele usando o snapshot.

Se você adicionar volumes de armazenamento de instâncias ou volumes do EBS à sua instância, além do volume do dispositivo raiz, o mapeamento de dispositivos de blocos para a nova AMI conterá informações sobre esses volumes, e os mapeamentos de dispositivos de blocos para as instâncias que você executar da nova AMI conterão automaticamente informações sobre esses volumes. Os volumes de armazenamento de instâncias especificados no mapeamento de dispositivos de bloco para a nova instância são novos e não contêm dados dos volumes de armazenamento de instâncias da instância usada para criar a AMI. Os dados nos volumes do EBS persistem. Para obter mais informações, consulte Mapeamentos de dispositivos de blocos.

Ao criar uma nova instância de uma AMI com suporte do EBS, você deve inicializar o volume raiz todo o armazenamento adicional EBS antes de colocá-lo em produção. Para obter mais informações, consulte Inicializar volumes de Amazon EBS.

Criar uma AMI do Linux a partir de uma instância

Você pode criar uma AMI usando o Console de gerenciamento da AWS ou a linha de comando. O diagrama a seguir resume o processo de criação de uma AMI com Amazon EBS a partir de uma instância do EC2 em execução. Comece com uma AMI existente, execute uma instância, personalize-a, crie uma nova AMI a partir dela e, por fim, execute uma instância de sua nova AMI. As etapas do diagrama a seguir são correspondentes às etapas do procedimento abaixo.


				Fluxo de trabalho para a criação de uma AMI de uma instância
Novo console

Para criar uma AMI de uma instância usando o console

  1. Selecione a AMI baseada em EBS apropriada para servir como ponto inicial para a nova AMI e a configure conforme o necessário antes de iniciar. Para obter mais informações, consulte É possível executar uma instância usando o assistente de execução de instância..

  2. Escolha Launch (Executar) para executar a instância da AMI com EBS que você selecionou. Aceite os valores padrão ao prosseguir no assistente. Para obter mais informações, consulte É possível executar uma instância usando o assistente de execução de instância..

  3. Quando a instância estiver sendo executada, conecte-se a ela. Você pode executar qualquer uma destas ações em sua instância para personalizá-la de acordo com suas necessidades:

    • Instalar o software e aplicativos

    • Copiar dados

    • Reduzir o tempo de inicialização excluindo arquivos temporários, desfragmentando o disco rígido e liberando o espaço livre

    • Anexar volumes adicionais do EBS

  4. (Opcional) Criar snapshots de todos os volumes anexados à sua instância. Para obter mais informações sobre como criar snapshots, consulte Criar snapshots de Amazon EBS.

  5. No painel de navegação, escolha Instances (Instâncias), selecione sua instância e, em seguida, escolha Actions (Ações), Image (Imagem), Create Image (Criar Imagem).

    dica

    Se essa opção está desabilitada, sua instância não é uma instância baseada em Amazon EBS.

  6. Na caixa de diálogo Create Image (Criar imagem), especifique as informações a seguir e escolha Create Image (Criar imagem).

    • Image name (Nome da imagem) – um nome exclusivo para a imagem.

    • Image description (Descrição da imagem) – uma descrição opcional da imagem, com até 255 caracteres.

    • No reboot (Sem reinicialização) – esta opção não é selecionada por padrão. O Amazon EC2 encerra a instância, faz snapshots dos volumes anexados, cria e registra a AMI e, em seguida, reinicializa a instância. Selecione No reboot (Sem reinicialização) para impedir o encerramento da sua instância.

      Atenção

      Se você selecionar No reboot (Sem reinicialização), não poderemos garantir a integridade do sistema de arquivos da imagem criada.

    • Volumes da instância – Os campos desta seção permitem que você modifique o volume raiz e adicione outros Amazon EBS e volumes de armazenamento de instâncias.

      • O volume raiz é definido na primeira linha. Para alterar o tamanho do volume raiz, em Size (Tamanho), insira o valor necessário.

      • Se você selecionar Delete on Termination (Excluir ao encerrar), quando encerrar a instância criada a partir desta AMI, o volume do EBS será excluído. Se você não selecionar Delete on Termination (Excluir ao encerrar), quando encerrar a instância, o volume do EBS não será excluído. Para obter mais informações, consulte Preservar volumes do Amazon EBS no encerramento da instância.

      • Para adicionar o volume do EBS; escolha Add volume (Adicionar volume) (que acrescenta uma nova linha). Em Volume Type (Tipo de volume), escolha EBS e preencha os campos da linha. Quando você executa uma instância da nova AMI, os volumes adicionais são anexados automaticamente à instância. Os volumes vazios devem ser formatados e montados. Os volumes baseados em um snapshot devem ser montados.

      • Para adicionar um volume de armazenamento de instância, consulte Adicionar volumes de armazenamento de instâncias a uma AMI. Quando você executa uma instância da nova AMI, os volumes adicionais são automaticamente inicializados e montados. Esses volumes não contêm dados de volumes de armazenamento de instâncias da instância em execução na qual a AMI foi baseada.

    • Tags – Você pode marcar a AMI e os snapshots com as mesmas tags ou pode marcá-los com tags diferentes.

      • Para marcar a AMI e os snapshots com as mesmas tags, escolha Tag image and snapshots together (Marcar Imagem e snapshots juntos). As mesmas tags são aplicadas à AMI e a cada snapshot criado.

      • Para marcar a AMI e os snapshots com tags diferentes, escolha Tag image and snapshots separately (Marcar imagem e snapshots separadamente). Diferentes tags são aplicadas à AMI e aos snapshots criados. No entanto, todos os snapshots obtêm as mesmas tags; não é possível marcar cada snapshot com uma tag diferente.

      (Opcional) Para adicionar uma tag, escolha Add tag (Adicionar tag) e digite a chave e o valor da tag. Repita esse procedimento para cada tag.

  7. Para visualizar o status de sua AMI enquanto ela estiver sendo criada, escolha AMIs no painel de navegação. Inicialmente, o status será pending, mas deverá mudar para available após alguns minutos.

    (Opcional) Para visualizar o snapshot que foi criado para a nova AMI, escolha Snapshots. Quando você executa uma instância dessa AMI, usamos esse snapshot para criar seu volume do dispositivo raiz.

  8. Execute uma instância da nova AMI. Para obter mais informações, consulte É possível executar uma instância usando o assistente de execução de instância..

  9. A nova instância em execução contém todas as personalizações que você aplicou em etapas anteriores.

Console antigo

Para criar uma AMI de uma instância usando o console

  1. Selecione a AMI baseada em EBS apropriada para servir como ponto inicial para a nova AMI e a configure conforme o necessário antes de iniciar. Para obter mais informações, consulte É possível executar uma instância usando o assistente de execução de instância..

  2. Escolha Launch (Executar) para executar a instância da AMI com EBS que você selecionou. Aceite os valores padrão ao prosseguir no assistente. Para obter mais informações, consulte É possível executar uma instância usando o assistente de execução de instância..

  3. Quando a instância estiver sendo executada, conecte-se a ela. Você pode executar qualquer uma destas ações em sua instância para personalizá-la de acordo com suas necessidades:

    • Instalar o software e aplicativos

    • Copiar dados

    • Reduzir o tempo de inicialização excluindo arquivos temporários, desfragmentando o disco rígido e liberando o espaço livre

    • Anexar volumes adicionais do EBS

  4. (Opcional) Criar snapshots de todos os volumes anexados à sua instância. Para obter mais informações sobre como criar snapshots, consulte Criar snapshots de Amazon EBS.

  5. No painel de navegação, escolha Instances (Instâncias), selecione sua instância e, em seguida, escolha Actions (Ações), Image (Imagem), Create Image (Criar Imagem).

    dica

    Se essa opção está desabilitada, sua instância não é uma instância baseada em Amazon EBS.

  6. Na caixa de diálogo Create Image (Criar imagem), especifique as informações a seguir e escolha Create Image (Criar imagem):

    • Image name (Nome da imagem) – um nome exclusivo para a imagem.

    • Image description (Descrição da imagem) – uma descrição opcional da imagem, com até 255 caracteres.

    • No reboot (Sem reinicialização) – esta opção não é selecionada por padrão. O Amazon EC2 encerra a instância, faz snapshots dos volumes anexados, cria e registra a AMI e, em seguida, reinicializa a instância. Selecione No reboot (Sem reinicialização) para impedir o encerramento da sua instância.

      Atenção

      Se você selecionar No reboot (Sem reinicialização), não poderemos garantir a integridade do sistema de arquivos da imagem criada.

    • Instance Volumes (Volumes da instância) – os campos nesta seção permitem que você modifique o volume raiz e adicione outros volumes com armazenamento de instâncias e com Amazon EBS. Para obter informações sobre cada campo, consulte o ícone i próximo a cada campo para mostrar o campo de dicas ferramentas. Alguns aspectos importantes estão listados abaixo.

      • Para alterar o tamanho do volume raiz, localize o volume Root (Raiz) na coluna Volume Type (Tipo de volume) e preencha o campo Size (GiB) (Tamanho (GiB)).

      • Se você selecionar Delete on Termination (Excluir ao encerrar), quando encerrar a instância criada a partir desta AMI, o volume do EBS será excluído. Se você não selecionar Delete on Termination (Excluir ao encerrar), quando encerrar a instância, o volume do EBS não será excluído. Para obter mais informações, consulte Preservar volumes do Amazon EBS no encerramento da instância.

      • Para adicionar o volume do EBS; escolha Add New Volume (Adicionar novo volume) (que acrescenta uma nova linha). Em Volume Type (Tipo de volume), escolha EBS e preencha os campos da linha. Quando você executa uma instância da nova AMI, os volumes adicionais são anexados automaticamente à instância. Os volumes vazios devem ser formatados e montados. Os volumes baseados em um snapshot devem ser montados.

      • Para adicionar um volume de armazenamento de instância, consulte Adicionar volumes de armazenamento de instâncias a uma AMI. Quando você executa uma instância da nova AMI, os volumes adicionais são automaticamente inicializados e montados. Esses volumes não contêm dados de volumes de armazenamento de instâncias da instância em execução na qual a AMI foi baseada.

  7. Para visualizar o status de sua AMI enquanto ela estiver sendo criada, escolha AMIs no painel de navegação. Inicialmente, o status será pending, mas deverá mudar para available após alguns minutos.

    (Opcional) Para visualizar o snapshot que foi criado para a nova AMI, escolha Snapshots. Quando você executa uma instância dessa AMI, usamos esse snapshot para criar seu volume do dispositivo raiz.

  8. Execute uma instância da nova AMI. Para obter mais informações, consulte É possível executar uma instância usando o assistente de execução de instância..

  9. A nova instância em execução contém todas as personalizações que você aplicou em etapas anteriores.

Para criar uma AMI de uma instância usando a linha de comando

Você pode usar um dos comandos a seguir. Para obter mais informações sobre essas interfaces de linha de comando, consulte Acessar o Amazon EC2.

Criar uma AMI do Linux a partir de um snapshot

Se você tiver um snapshot do volume do dispositivo raiz de uma instância, poderá criar uma AMI desse snapshot usando o Console de gerenciamento da AWS ou a linha de comando.

Para criar uma AMI de um snapshot usando o console

  1. Abra o console do Amazon EC2 em https://console.aws.amazon.com/ec2/.

  2. No painel de navegação, em Elastic Block Store, escolha Snapshots.

  3. Selecione o snapshot e escolha Actions (Ações), Create Image (Criar imagem).

  4. Na caixa de diálogo Create Image from EBS Snapshot (Criar imagem de snapshot do EBS), preencha os campos para criar sua AMI e, em seguida, escolha Create (Criar). Se você estiver recriando uma instância-pai, selecione as mesmas opções que a instância-pai.

    • Architecture (Arquitetura): escolha i386 para 32 bits ou x86_64 para 64 bits.

    • Root device name (Nome do dispositivo raiz): insira o nome apropriado para o volume raiz. Para obter mais informações, consulte Nomes de dispositivos em instâncias do Linux..

    • Virtualization type (Tipo de virtualização): escolha se as instâncias executadas a partir desta AMI usam virtualização paravirtual (PV) ou máquina virtual de hardware (HVM). Para obter mais informações, consulte Tipos de virtualização da AMI em Linux.

    • (Somente tipo de virtualização PV) Kernel ID (ID do kernel) e RAM disk ID (ID do disco RAM): escolha AKI e ARI nas listas. Se você escolher a AKI padrão ou não escolher uma AKI, será necessário especificar uma AKI sempre que você executar uma instância usando essa AMI. Além disso, sua instância poderá falhar nas verificações de integridade se a AKI padrão for incompatível com a instância.

    • (Opcional) Block Device Mappings (Mapeamentos de dispositivos de blocos): adicione volumes ou expanda o tamanho padrão do volume raiz para a AMI. Para obter mais informações sobre redimensionamento de arquivo do sistema em sua instância para um volume maior, consulte Estender um sistema de arquivos Linux após um redimensionamento de volume.

Para criar uma AMI de um snapshot usando a linha de comando

Você pode usar um dos comandos a seguir. Para obter mais informações sobre essas interfaces de linha de comando, consulte Acessar o Amazon EC2.

Executar uma instância a partir de uma AMI que você criou

Você pode iniciar uma instância a partir de uma AMI criada a partir de uma instância ou snapshot.

Como iniciar uma instância a partir da AMI

  1. Abra o console do Amazon EC2 em https://console.aws.amazon.com/ec2/.

  2. No painel de navegação, em Images (Imagens), escolha AMIs.

  3. Defina o filtro como Owned by me (De minha propriedade) e selecione sua AMI.

  4. Escolha Actions (Ações), Launch (Iniciar).

  5. Siga o assistente para executar sua instância. Para obter mais informações sobre cada etapa do assistente, consulte É possível executar uma instância usando o assistente de execução de instância..