Atualizar a versão de mecanismo de uma instância de banco de dados - Amazon Relational Database Service

Atualizar a versão de mecanismo de uma instância de banco de dados

O Amazon RDS fornece versões mais recentes de cada mecanismo de banco de dados com suporte, para que você possa manter em estado atualizado sua instância de banco de dados. Entre as versões mais novas podem estar correções de bugs, melhorias de segurança e outros aprimoramentos para o mecanismo de banco de dados. Quando o Amazon RDS oferecer suporte a uma nova versão de um mecanismo de banco de dados, escolha como e quando fazer upgrade de instâncias de banco de dados.

Há dois tipos de atualizações: atualizações de versão principal e atualizações de versão secundária. Em geral, uma atualização da versão do mecanismo principal pode apresentar alterações não compatíveis com aplicativos existentes. Por outro lado, uma atualização da versão secundária inclui apenas alterações compatíveis com versões anteriores dos aplicativos existentes.

A sequência de numeração da versão é específica de cada mecanismo de banco de dados. Por exemplo, RDS for MySQL 5.7 e 8.0 são versões de mecanismo principais e a atualização de qualquer versão 5.7 para qualquer versão 8.0 é uma atualização da versão principal. RDS for MySQL versão 5.7.22 e 5.7.23 são versões secundárias e a atualização da versão 5.7.22 para a 5.7.23 é uma atualização da versão secundária.

Importante

Você não pode modificar uma instância de banco de dados quando ela está sendo atualizada. Durante uma atualização, o status da instância de banco de dados é upgrading.

Para obter mais informações sobre atualizações de versões principais e secundárias de um mecanismo de banco de dados específico, consulte a seguinte documentação do mecanismo de banco de dados:

Para atualizações de versão principal, modifique manualmente a versão do mecanismo de banco de dados por meio do AWS Management Console, da AWS CLI ou da API do RDS. Para atualizações de versão secundária, modifique manualmente a versão do mecanismo ou opte por habilitar atualizações de versão secundária automáticas.

Atualizar manualmente a versão do mecanismo

Para atualizar manualmente a versão do mecanismo de uma instância de banco de dados, use o AWS Management Console, a AWS CLI ou a API do RDS.

Para atualizar a versão do mecanismo de uma instância de banco de dados usando o console

  1. Faça login no AWS Management Console e abra o console do Amazon RDS em https://console.aws.amazon.com/rds/.

  2. No painel de navegação, escolha Databases (Bancos de dados) e a instância de banco de dados que você deseja atualizar.

  3. Selecione Modify. A página Modify DB Instance (Modificar instância de banco de dados) é exibida.

  4. Em DB engine version (Versão do mecanismo de banco de dados), selecione a nova versão.

  5. Selecione Continue (Continuar) e verifique o resumo de modificações.

  6. Para aplicar as alterações imediatamente, escolha Apply immediately. Escolher essa opção pode causar uma interrupção em alguns casos. Para obter mais informações, consulte Usar a configuração Aplicar imediatamente.

  7. Na página de confirmação, revise suas alterações. Se estiverem corretas, escolha Modify DB Instance (Modificar instância de banco de dados) para salvar suas alterações.

    Como alternativa, escolha Back (Voltar) para editar suas alterações ou escolha Cancel (Cancelar) para cancelar as alterações.

Para atualizar a versão do mecanismo de uma instância de banco de dados, use o comando modify-db-instance da CLI. Especifique os seguintes parâmetros:

  • --db-instance-identifier – o nome da instância de banco de dados.

  • --engine-version – o número da versão do mecanismo de banco de dados para a qual será feita a atualização.

    Para obter informações sobre versões de mecanismo válidas, use o comando AWS CLI describe-db-engine-versions.

  • --allow-major-version-upgrade – para atualizar a versão principal.

  • --no-apply-immediately – para aplicar alterações durante a próxima janela de manutenção. Para aplicar as alterações imediatamente, use --apply-immediately.

exemplo

Para Linux, macOS ou Unix:

aws rds modify-db-instance \ --db-instance-identifier mydbinstance \ --engine-version new_version \ --allow-major-version-upgrade \ --no-apply-immediately

Para Windows:

aws rds modify-db-instance ^ --db-instance-identifier mydbinstance ^ --engine-version new_version ^ --allow-major-version-upgrade ^ --no-apply-immediately

Para atualizar a versão do mecanismo de uma instância de banco de dados, use a ação ModifyDBInstance. Especifique os seguintes parâmetros:

  • DBInstanceIdentifier – o nome da instância de banco de dados. Por exemplo mydbinstance.

  • EngineVersion – o número da versão do mecanismo de banco de dados para a qual será feita a atualização. Para obter informações sobre versões de mecanismo válidas, use a operação DescribeDBEngineVersions.

  • AllowMajorVersionUpgrade – para permitir ou não uma atualização de versão principal. Para isso, defina o valor como true.

  • ApplyImmediately – se desejar aplicar as alterações imediatamente ou durante a próxima janela de manutenção. Para aplicar as alterações imediatamente, defina o valor como true. Para aplicar alterações durante a próxima janela de manutenção, defina o valor como false.

Atualizar automaticamente a versão do mecanismo espelho

Uma versão do mecanismo espelho é uma atualização feita em uma versão do mecanismo de banco de dados dentro de uma versão do mecanismo principal. Por exemplo, uma versão de mecanismo principal pode ser 9.6 com as versões de mecanismo secundárias 9.6.11 e 9.6.12 dentro dela.

Se quiser que o Amazon RDS atualize a versão de mecanismo de um banco de dados automaticamente, habilite as atualizações automáticas da versão secundária para o banco de dados.

Quando o Amazon RDS designa uma versão do mecanismo secundária como a versão do mecanismo secundária preferida, todo banco de dados que atenda às seguintes condições é atualizado para a versão do mecanismo secundária automaticamente:

  • O banco de dados está executando uma versão secundária do mecanismo de banco de dados inferior à versão do mecanismo secundária preferida.

  • O banco de dados tem a atualização da versão secundária automática habilitada.

Controle se a atualização automática da versão secundária está habilitada para uma instância de banco de dados quando você realiza as seguintes tarefas:

Ao realizar essas tarefas, controle se a atualização automática da versão secundária está habilitada para a instância de banco de dados das seguintes maneiras:

  • Usando o console, defina a opção Auto minor version upgrade (Atualização automática da versão secundária).

  • Usando a AWS CLI, defina a opção --auto-minor-version-upgrade|--no-auto-minor-version-upgrade.

  • Usando a API do RDS, defina o parâmetro AutoMinorVersionUpgrade.

Para determinar se uma atualização de manutenção, como uma atualização da versão do mecanismo de banco de dados, está disponível para a instância de banco de dados, use o console, a AWS CLI ou a API do RDS. Também atualize manualmente a versão do mecanismo do banco de dados e ajuste a janela de manutenção. Para obter mais informações, consulte . Manutenção de uma instância de banco de dados.

É possível utilizar o comando da AWS CLI a seguir para determinar a versão atual secundária de destino de upgrade automático para uma versão secundária do MySQL especificada em uma região específica da AWS. Você pode encontrar os valores --engine possíveis para este comando na descrição do parâmetro Engine em CreateDBInstance.

Para Linux, macOS ou Unix:

aws rds describe-db-engine-versions \ --engine engine \ --engine-version minor-version \ --region region \ --query "DBEngineVersions[*].ValidUpgradeTarget[*].{AutoUpgrade:AutoUpgrade,EngineVersion:EngineVersion}" \ --output text

Para Windows:

aws rds describe-db-engine-versions ^ --engine engine ^ --engine-version minor-version ^ --region region ^ --query "DBEngineVersions[*].ValidUpgradeTarget[*].{AutoUpgrade:AutoUpgrade,EngineVersion:EngineVersion}" ^ --output text

Por exemplo, o seguinte comando da AWS CLI determina o destino de upgrade secundário automático para a versão 8.0.11 secundária do MySQL na região da AWS Leste dos EUA (Ohio) (us-east-2).

Para Linux, macOS ou Unix:

aws rds describe-db-engine-versions \ --engine mysql \ --engine-version 8.0.11 \ --region us-east-2 \ --query "DBEngineVersions[*].ValidUpgradeTarget[*].{AutoUpgrade:AutoUpgrade,EngineVersion:EngineVersion}" \ --output table

Para Windows:

aws rds describe-db-engine-versions ^ --engine mysql ^ --engine-version 8.0.11 ^ --region us-east-2 ^ --query "DBEngineVersions[*].ValidUpgradeTarget[*].{AutoUpgrade:AutoUpgrade,EngineVersion:EngineVersion}" ^ --output table

A saída é semelhante à seguinte.

---------------------------------- | DescribeDBEngineVersions | +--------------+-----------------+ | AutoUpgrade | EngineVersion | +--------------+-----------------+ | False | 8.0.15 | | False | 8.0.16 | | False | 8.0.17 | | False | 8.0.19 | | False | 8.0.20 | | False | 8.0.21 | | True | 8.0.23 | | False | 8.0.25 | +--------------+-----------------+

Neste exemplo, o valor de AutoUpgrade é True para o MySQL versão 8.0.23. Portanto, o destino de upgrade secundário automático é o MySQL versão 8.0.23, que está realçado na saída.

Importante

Se você planeja migrar uma instância de banco de dados RDS para PostgreSQL para um cluster de Aurora PostgreSQL banco de dados no futuro próximo, recomendamos que você desative os upgrades de versão secundária automática para a instância de banco de dados no início da fase de planejamento de migração. A migração para Aurora PostgreSQL pode ser adiada se a versão do RDS para PostgreSQL ainda não for suportada pelo Aurora PostgreSQL. Para obter informações sobre Aurora PostgreSQL versões, consulte Versões de mecanismo para Amazon Aurora PostgreSQL.