Usar as configurações salvas do Elastic Beanstalk - AWS Elastic Beanstalk

Usar as configurações salvas do Elastic Beanstalk

Você pode salvar a configuração de seu ambiente como um objeto no Amazon Simple Storage Service (Amazon S3) para aplicar a outros ambientes durante a criação ou para aplicar a um ambiente em execução. Configurações salvas são modelos formatados em YAML que definem a versão da plataforma, o nível, as definições das opções de configuração e as tags de um ambiente.

Você pode aplicar tags a uma configuração salva ao criá-la e editar tags de configurações salvas existentes. Para obter mais detalhes, consulte Marcação de configurações salvas.

nota

As tags aplicadas a uma configuração salva não estão relacionadas às tags especificadas em uma configuração salva que usa a chave Tags:. Os últimos são aplicados a um ambiente quando você aplica a configuração salva ao ambiente.

Crie uma configuração salva com base no estado atual do seu ambiente no console de gerenciamento do Elastic Beanstalk.

Para salvar a configuração de um ambiente

  1. Abra o console do Elastic Beanstalk e, na lista Regiões, selecione sua região da AWS.

  2. No painel de navegação, selecione Ambientes e selecione o nome do ambiente na lista.

    nota

    Se você tiver muitos ambientes, use a barra de pesquisa para filtrar a lista de ambientes.

  3. Escolha Ações do ambiente e Save configuration (Salvar configuração).

  4. Use o formulário na tela para nomear a configuração salva. Opcionalmente, forneça uma breve descrição e adicione chaves e valores de tag.

  5. Escolha Save (Salvar).

  6. Escolha Save (Salvar).

    
          Página Save Configuration (Salvar configuração) no console do Elastic Beanstalk

A configuração salva inclui todas as configurações aplicadas ao ambiente com o console ou qualquer outro cliente que usa a API do Elastic Beanstalk. Em seguida, você pode aplicar a configuração salva ao ambiente em uma data futura para restaurá-lo ao seu estado anterior ou aplicá-la a um novo ambiente durante a criação dele.

Você pode fazer download de uma configuração usando o comando eb config da CLI do EB, como mostrado no exemplo a seguir. NAME é o nome da configuração salva.

eb config get NAME

Como aplicar uma configuração salva durante a criação de um ambiente (console do Elastic Beanstalk)

  1. Abra o console do Elastic Beanstalk e, na lista Regiões, selecione sua região da AWS.

  2. No painel de navegação, selecione Aplicativos e escolha o nome do aplicativo na lista.

    nota

    Se você tiver muitos aplicativos, use a barra de pesquisa para filtrar a lista de aplicativos.

  3. No painel de navegação, encontre o nome do aplicativo e escolha Saved configurations (Configurações salvas).

  4. Selecione a configuração salva que deseja aplicar e escolha Launch environment (Iniciar ambiente).

  5. Continue no assistente para criar seu ambiente.

As configurações salvas não incluem as definições aplicadas com os arquivos de configuração no código-fonte de seu aplicativo. Se a mesma configuração for aplicada tanto em um arquivo de configuração quanto em uma configuração salva, a da configuração salva terá precedência. Da mesma forma, as opções especificadas no console do Elastic Beanstalk substituem as das configurações salvas. Para obter mais informações, consulte Precedência.

As configurações salvas são armazenadas no bucket do S3 do Elastic Beanstalk em uma pasta com o mesmo nome do seu aplicativo. Por exemplo, as configurações de um aplicativo chamado my-app na região us-west-2 da conta número 123456789012 podem ser encontradas em s3://elasticbeanstalk-us-west-2-123456789012/resources/templates/my-app/.

Visualize o conteúdo de uma configuração salva abrindo-a em um editor de texto. O exemplo a seguir mostra a configuração de um ambiente de servidor web iniciado com o console de gerenciamento do Elastic Beanstalk.

EnvironmentConfigurationMetadata: Description: Saved configuration from a multicontainer Docker environment created with the Elastic Beanstalk Management Console DateCreated: '1520633151000' DateModified: '1520633151000' Platform: PlatformArn: arn:aws:elasticbeanstalk:us-east-2::platform/Java 8 running on 64bit Amazon Linux/2.5.0 OptionSettings: aws:elasticbeanstalk:command: BatchSize: '30' BatchSizeType: Percentage aws:elasticbeanstalk:sns:topics: Notification Endpoint: me@example.com aws:elb:policies: ConnectionDrainingEnabled: true ConnectionDrainingTimeout: '20' aws:elb:loadbalancer: CrossZone: true aws:elasticbeanstalk:environment: ServiceRole: aws-elasticbeanstalk-service-role aws:elasticbeanstalk:application: Application Healthcheck URL: / aws:elasticbeanstalk:healthreporting:system: SystemType: enhanced aws:autoscaling:launchconfiguration: IamInstanceProfile: aws-elasticbeanstalk-ec2-role InstanceType: t2.micro EC2KeyName: workstation-uswest2 aws:autoscaling:updatepolicy:rollingupdate: RollingUpdateType: Health RollingUpdateEnabled: true EnvironmentTier: Type: Standard Name: WebServer AWSConfigurationTemplateVersion: 1.1.0.0 Tags: Cost Center: WebApp Dev

Você pode modificar o conteúdo de uma configuração salva e salvá-lo no mesmo local no Amazon S3. Qualquer configuração salva formatada adequadamente armazenada no local certo pode ser aplicada a um ambiente usando o console de gerenciamento do Elastic Beanstalk.

As seguintes chaves são compatíveis.

  • AWSConfigurationTemplateVersion (obrigatória) – A versão do modelo de configuração (1.1.0.0).

    AWSConfigurationTemplateVersion: 1.1.0.0
  • Plataforma – O nome de recurso da Amazon (ARN) da versão da plataforma do ambiente. Você pode especificar a plataforma pelo ARN ou pelo nome da pilha de soluções.

    Platform: PlatformArn: arn:aws:elasticbeanstalk:us-east-2::platform/Java 8 running on 64bit Amazon Linux/2.5.0
  • SolutionStack – O nome completo da pilha de soluções usada para criar o ambiente.

    SolutionStack: 64bit Amazon Linux 2017.03 v2.5.0 running Java 8
  • OptionSettings – Definições da opção de Configuração para aplicar ao ambiente. Por exemplo, a seguinte entrada define o tipo de instância como t2.micro.

    OptionSettings: aws:autoscaling:launchconfiguration: InstanceType: t2.micro
  • Tags – Até 47 tags a serem aplicadas aos recursos criados no ambiente.

    Tags: Cost Center: WebApp Dev
  • EnvironmentTier – O tipo de ambiente a ser criado. Para um ambiente de servidor Web, você pode excluir esta seção (servidor Web é o padrão). Para um ambiente de operador, use o seguinte.

    EnvironmentTier: Name: Worker Type: SQS/HTTP

Consulte os tópicos a seguir para conhecer métodos alternativos de criação e aplicação de configurações salvas: