Fazer alterações na configuração do Amazon OpenSearch Service - Amazon OpenSearch Service

Fazer alterações na configuração do Amazon OpenSearch Service

O Amazon OpenSearch Service usa um processo de implantação azul/verde ao atualizar domínios. Azul/verde normalmente se refere à prática de operar dois ambientes de produção, um ativo e outro inativo, e alternar entre os dois ao fazer alterações de software. No caso do OpenSearch Service, isso se refere à prática de criar um novo ambiente para atualizações de domínio e rotear usuários para o novo ambiente assim que essas atualizações são concluídas. Essa prática minimiza o tempo de inatividade e mantém o ambiente original caso a implantação no novo ambiente seja malsucedida.

Alterações que normalmente causam implantações azuis/verdes

As seguintes operações causam implementações azuis/verdes:

  • Alterar o tipo de instância

  • Habilitar o controle de acesso refinado

  • Atualizações de software de serviço

  • Alterar a contagem de instâncias de dados, caso o seu domínio não tenha nós principais dedicados

  • Habilitar ou desabilitar os nós principais dedicados

  • Alteração da contagem de nós principais ou tipos de instâncias dedicados

  • Habilitar ou desabilitar Multi-AZ

  • Alterar o tipo de armazenamento, o tipo do volume ou o tamanho do volume

  • Escolher diferentes sub-redes da VPC

  • Adicionar ou remover os grupos de segurança da VPC

  • Habilitação ou desabilitação da autenticação do Amazon Cognito para OpenSearch Dashboards

  • Escolha de outro grupo de usuários ou grupo de identidades do Amazon Cognito

  • Modificar configurações avançadas

  • Habilitação ou desabilitação da publicação de logs de erros, logs de auditoria ou logs lentos no CloudWatch

  • Atualização para uma nova versão do OpenSearch

  • Habilitar ou desabilitar a opção Require HTTPS (Exigir HTTPS)

  • Habilitação da criptografia de dados em repouso e da criptografia de nó a nó

  • Habilitação ou desabilitação do armazenamento UltraWarm ou de baixa atividade

  • Desabilitação do Auto-Tune e reversão de suas alterações

  • Como modificar o endpoint personalizado

Alterações que normalmente não causam implantações azuis/verdes

Na maioria dos casos, as seguintes operações não causam implantações azuis/verdes:

  • Alterar política de acesso

  • Alterar o horário do snapshot automatizado

  • Habilitação do Auto-Tune ou desabilitação sem reverter suas alterações

  • Se o seu domínio tiver nós principais dedicados, alterar o nó de dados ou a contagem de nós UltraWarm

Há algumas exceções, dependendo da versão do software de serviço. Se você quiser ter certeza de que uma alteração não causará uma implantação azul/verde, execute uma simulação antes de atualizar seu domínio.

Determine se uma alteração causará uma implantação azul/verde

Você pode realizar uma simulação de uma alteração de configuração planejada para determinar se ela causará uma implantação azul/verde. Ao fazer uma alteração no console, será solicitado que você escolha Run analysis (Executar análise) e o OpenSearch Service calculará o tipo de implantação que a alteração causará.

Você também pode executar uma análise simulada por meio da API de configuração. Por exemplo, a solicitação UpdateDomainConfigtesta o tipo de implantação causado pela habilitação do UltraWarm:

POST https://es.us-east-1.amazonaws.com/2021-01-01/opensearch/domain/my-domain/config { "ClusterConfig": { "WarmCount": 3, "WarmEnabled": true, "WarmType": "ultrawarm1.large.search" }, "DryRun": true }

A solicitação retorna o tipo de implantação que a alteração causará, mas na verdade não executa a atualização:

{ "ClusterConfig": { ... }, "DryRunResults": { "DeploymentType": "Blue/Green", "Message": "This change will require a blue/green deployment." } }

Os possíveis tipos de implantação são:

  • Blue/Green: a alteração causará uma implantação azul/verde.

  • DynamicUpdate: a alteração não causará uma implantação azul/verde.

  • Undetermined: o domínio ainda está em um estado de processamento, portanto, não é possível determinar o tipo de implantação.

  • None: nenhuma alteração de configuração.

Início de uma alteração de configuração

Ao iniciar uma alteração de configuração, o estado do domínio mudará para Processing (Em processamento) até que o OpenSearch Service tenha criado um novo ambiente com o software de serviço mais recente, ponto em que ele mudará de volta para Active (Ativo). Durante determinadas atualizações de software de serviço, o estado permanece como Active (Ativo) o tempo inteiro. Em ambos os casos, você pode examinar a integridade do cluster e as métricas do Amazon CloudWatch e verificar se o número de nós no cluster aumenta temporariamente, muitas vezes chegando a dobrar, durante a atualização do domínio. No exemplo a seguir, você pode ver o número de nós que dobram de 11 para 22 durante uma alteração de configuração e que retornam para 11 quando a atualização é concluída.


      Número de nós que dobram de 11 para 22 durante uma alteração de configuração de domínio.

Esse aumento temporário pode sobrecarregar os nós principais dedicados do cluster, que repentinamente poderão ter muito mais nós para gerenciar. Ele também pode aumentar as latências de pesquisa e indexação à medida que o OpenSearch Service copia dados do cluster antigo para o novo. É importante manter capacidade suficiente no cluster para lidar com a sobrecarga associada a essas implantações azuis/verdes.

Importante

Não há nenhuma cobrança adicional nas alterações de configuração e na manutenção do serviço. Você será cobrado apenas pelo número de nós que solicitar para seu cluster. Para obter detalhes, consulte Cobranças para alterações de configuração.

Para evitar a sobrecarga de nós principais dedicados, você pode monitorar o uso com as métricas do Amazon CloudWatch. Para obter os valores máximos recomendados, consulte Alarmes recomendados do CloudWatch para Amazon OpenSearch Service.

Etapas de uma alteração de configuração

Depois de iniciar uma alteração de configuração, o OpenSearch Service percorre uma série de etapas para atualizar o seu domínio. Você pode visualizar o progresso da alteração de configuração em Domain status (Status do domínio) no console. As etapas exatas para a realização de uma atualização depende do tipo de alteração que você está fazendo. Você também pode monitorar uma alteração de configuração usando a operação da API DescribeDomainChangeProgress.

Em alguns casos, como durante as atualizações de software de serviço, você não visualiza informações sobre o progresso até que a implantação azul/verde de fato se inicie. Durante esse período, o status do domínio é Pending Updates.

A seguir, estão as possíveis etapas de uma atualização durante uma alteração de configuração:

Nome da etapa Descrição

Creating a new environment

Cumprimento dos pré-requisitos exigidos e criação dos recursos necessários para iniciar a implantação azul/verde.

Provisioning new nodes

Criando um novo conjunto de instâncias no novo ambiente.

Traffic routing on new nodes

Redirecionamento do tráfego para os nós de dados recém-criados.

Traffic routing on old nodes

Desabilitação tráfego em nós de dados antigos.

Preparing nodes for removal

Preparação para a remoção de nós. Esta etapa só ocorre quando você reduz a escala do seu domínio (por exemplo, de 8 nós para 6 nós).

Copying shards to new nodes

Transferência de fragmentos dos nós antigos para os novos nós.

Terminating nodes

Encerramento e exclusão de nós antigos após a remoção dos fragmentos.

Deleting older resources

Exclusão de recursos associados ao ambiente antigo (por exemplo, o balanceador de carga).

Dynamic update

Eles serão exibidos quando a atualização não exigir uma implantação azul/verde e eles forem aplicáveis dinamicamente.

Cobranças para alterações de configuração

Se você alterar a configuração para um domínio, o OpenSearch Service criará um novo cluster conforme descrito em Fazer alterações na configuração do Amazon OpenSearch Service. Durante a migração do antigo para o novo, você é cobrado pelos seguintes encargos:

  • Se você alterar o tipo de instância, será cobrado por ambos os clusters para a primeira hora. Após a primeira hora, você será cobrado apenas pelo novo cluster. Os volumes do EBS não são cobrados duas vezes porque fazem parte do cluster. Portanto, o faturamento segue o faturamento da instância.

    Exemplo: Você altera a configuração de três instâncias m3.xlarge para quatro instâncias m4.large. Na primeira hora, você é cobrado por ambos os clusters (3 * m3.xlarge + 4 * m4.large). Após a primeira hora, você será cobrado apenas pelo novo cluster (4 * m4.large).

  • Se você não alterar o tipo de instância, será cobrado apenas pelo cluster maior para a primeira hora. Após a primeira hora, você será cobrado apenas pelo novo cluster.

    Exemplo: Você altera a configuração de seis instâncias m3.xlarge para três instâncias m3.xlarge. Para a primeira hora, você será cobrado pelo cluster maior (6 * m3.xlarge). Após a primeira hora, você será cobrado apenas pelo novo cluster (3 * m3.xlarge).