Desativação da instância - Amazon Elastic Compute Cloud

Desativação da instância

A instância é programada para ser desativada quando a AWS detecta uma falha irreparável do hardware subjacente que hospeda a instância. Quando uma instância atinge sua data de desativação programada, ela é interrompida ou encerrada pela AWS.

  • Se o dispositivo raiz da instância estiver em um volume do Amazon EBS, a instância será interrompida e será possível reiniciá-la a qualquer momento. Iniciar a instância interrompida migra-a para o novo hardware.

  • Se o dispositivo raiz da instância estiver em um volume de armazenamento de instâncias, a instância será encerrada e não poderá ser usada novamente.

Para obter mais informações sobre os tipos de eventos de instância, consulte Eventos programados para instâncias.

Identificar instâncias programadas para desativação

Se a sua instância estiver programada para desativação, você receberá um e-mail antes do evento com o ID e a data de desativação da instância. Também é possível verificar se há instâncias programadas para desativação usando o console do Amazon EC2 ou a linha de comando.

Importante

Se uma instância estiver programada para desativação, recomendamos que você aja o mais rápido possível, pois a instância poderá ficar inacessível. (A notificação por e-mail que você recebe indica o seguinte: “Devido a essa degradação, sua instância já pode estar inacessível.”) Para obter mais informações sobre a ação recomendada que é necessário executar, consulte Check if your instance is reachable.

Formas de identificar instâncias programadas para desativação

Notificação por e-mail

Se a sua instância estiver programada para desativação, você receberá um e-mail antes do evento com o ID e a data de desativação da instância.

O e-mail é enviado ao titular da conta principal e ao contato de operações. Para obter mais informações, consulte Adição, alteração ou remoção de contatos alternativos no Guia do usuário do AWS Billing.

Identificação do console

Se você usa uma conta de e-mail que não verifica regularmente, por exemplo, notificações de desativação, use o console do Amazon EC2 ou a linha de comando para determinar se alguma de suas instâncias estão programadas para desativação.

Para identificar as instâncias agendadas para desativação usando o console
  1. Abra o console do Amazon EC2.

  2. No painel de navegação, escolha EC2 Dashboard (Painel do EC2). Em Scheduled events (Eventos agendados), é possível ver os eventos associados a volumes e instâncias do Amazon EC2, organizados por região.

    Eventos agendados
  3. Se você tiver uma instância com um evento agendado listado, selecione o link abaixo do nome da região para acessar a página Events (Eventos).

  4. A página Events (Eventos) lista todos os recursos com eventos associados a eles. Para visualizar as instâncias que estão agendadas para desativação, selecione Instance resources (Recursos da instância) na primeira lista de filtros e, em seguida, Instance stop or retirement (Interrupção ou desativação de instância) na segunda lista de filtros.

  5. Se os resultados do filtro mostrarem que uma instância está agendada para desativação, selecione-a e anote a data e a hora do campo Start time (Hora de início) no painel de detalhes. Essa é a data de desativação da instância.

Para identificar as instâncias agendadas para desativação usando a linha de comando

É possível usar um dos comandos a seguir. Para obter mais informações sobre essas interfaces de linha de comando, consulte Acessar o Amazon EC2.

Ações a serem executadas para instâncias baseadas em EBS programadas para desativação

Para preservar os dados em sua instância sendo desativada, é possível executar uma das ações a seguir. É importante que você execute essa ação antes da data de desativação da instância, para evitar períodos de desativação e perda de dados imprevistos.

Se você não souber ao certo se sua instância tem suporte do EBS ou do armazenamento de instâncias, consulte Determinar o tipo de dispositivo raiz da instância.

Verifique se sua instância está acessível

Quando você for notificado de que sua instância está programada para desativação, recomendamos que execute a seguinte ação o mais rápido possível:

  • Verifique se sua instância está acessível conectando-se ou fazendo ping na instância.

  • Se sua instância estiver acessível, planeje interromper/iniciar a instância em um momento apropriado antes da data de desativação programada, quando o impacto for mínimo. Para obter mais informações sobre como interromper e iniciar sua instância e o que esperar quando a instância é interrompida, como o efeito em endereços IP elásticos, públicos e privados associados à instância, consulte Início e interrupção de instâncias do Amazon EC2. Observe que os dados em volumes de armazenamento de instâncias são perdidos quando você interrompe e inicia sua instância.

  • Se sua instância estiver inacessível, você deverá agir imediatamente e executar uma interrupção/inicialização para recuperar sua instância.

  • Se preferir encerrar sua instância, planeje fazê-lo o mais rápido possível, para que você pare de receber cobranças pela instância.

Crie um backup da sua instância

Crie uma AMI baseada em EBS em sua instância para que você tenha um backup. Para garantir a integridade dos dados, interrompa a instância antes de criar a AMI. Espere a data de desativação agendada para a interrupção da instância ou interrompa a instância por conta própria antes dessa data. É possível iniciar a instância novamente a qualquer momento. Para ter mais informações, consulte Criar uma AMI do Linux baseada no Amazon EBS.

Execute uma instância de substituição

Depois de criar uma AMI a partir da sua instância, é possível usar a AMI para iniciar uma instância de substituição. No console do Amazon EC2, selecione sua nova AMI e escolha Actions (Ações), Launch (Iniciar). Siga o assistente para executar sua instância. Para obter mais informações sobre cada etapa do assistente, consulte Iniciar uma instância usando o novo assistente de inicialização de instância, versão beta.

Ações a serem executadas para instâncias com armazenamento de instâncias programadas para desativação

Para preservar os dados em sua instância sendo desativada, é possível executar uma das ações a seguir. É importante que você execute essa ação antes da data de desativação da instância, para evitar períodos de desativação e perda de dados imprevistos.

Atenção

Se a sua instância baseada em armazenamento de instâncias passar de sua data de desativação, ela será encerrada e você não poderá recuperar a instância nem os dados que foram armazenados nela. Independentemente do dispositivo raiz de sua instância, os dados em volumes de armazenamento de instâncias são perdidos quando a instância é desativada, mesmo que os volumes estejam anexados a uma instância baseada no EBS.

Verifique se sua instância está acessível

Quando você for notificado de que sua instância está programada para desativação, recomendamos que execute a seguinte ação o mais rápido possível:

  • Verifique se sua instância está acessível conectando-se ou fazendo ping na instância.

  • Se sua instância estiver inacessível, é provável que haja muito pouco que possa ser feito para recuperá-la. Para obter mais informações, consulte Solucionar problemas de uma instância não acessível. A AWS encerrará a instância na data de desativação programada, portanto, para uma instância inacessível, é possível encerrar a instância por conta própria.

Execute uma instância de substituição

Crie uma AMI com armazenamento de instâncias a partir da sua instância usando as ferramentas da AMI, conforme descrito em Criar uma AMI em Linux com armazenamento de instâncias. No console do Amazon EC2, selecione sua nova AMI e escolha Actions (Ações), Launch (Iniciar). Siga o assistente para executar sua instância. Para obter mais informações sobre cada etapa do assistente, consulte Iniciar uma instância usando o novo assistente de inicialização de instância, versão beta.

Converta sua instância em uma instância baseada em EBS

Transfira seus dados para um volume do EBS, obtenha um snapshot do volume e crie a AMI a partir do snapshot. É possível executar uma instância de substituição a partir da nova AMI. Para ter mais informações, consulte Converter de uma AMI com armazenamento de instâncias em uma AMI baseada no Amazon EBS.