Criar um cluster de banco de dados e conectar-se a um banco de dados em um cluster de banco de dados Aurora MySQL - Amazon Aurora

Criar um cluster de banco de dados e conectar-se a um banco de dados em um cluster de banco de dados Aurora MySQL

A maneira mais fácil de criar um cluster de banco de dados Aurora MySQL é usar o AWS Management Console. Após a criação do cluster de banco de dados, você pode usar utilitários padrão do MySQL, como o MySQL Workbench, para se conectar a um banco de dados nesse cluster.

Importante

É necessário concluir as tarefas em Configuração de seu ambiente para Amazon Aurora antes de criar ou se conectar a um cluster de banco de dados.

Não há cobrança para criar uma conta da AWS. No entanto, ao concluir este tutorial, você poderá incorrer em custos para os recursos da AWS utilizados. Se esses recursos não forem mais necessários após a conclusão do tutorial, você poderá excluí-los.

Criar um cluster de banco de dados Aurora MySQL

Antes de criar um cluster de banco de dados, primeiro você deve ter uma virtual private cloud (VPC, nuvem privada virtual) baseada no serviço Amazon VPC e em um grupo de sub-redes do Amazon RDS. Sua VPC deve ter pelo menos uma sub-rede em cada uma das no mínimo duas zonas de disponibilidade. É possível usar a VPC padrão para sua conta da AWS ou criar sua própria VPC. O console do Amazon RDS foi desenvolvido para facilitar a criação da sua própria VPC para uso com o Amazon Aurora ou o uso de uma VPC existente com o cluster de banco de dados Aurora.

Em alguns casos, talvez você queira criar uma VPC e um grupo de sub-redes de banco de dados para uso com seu cluster de banco de dados Aurora, em vez de fazer com que o Amazon RDS os crie. Em caso afirmativo, siga as instruções em Como criar uma VPC a ser usada com o Amazon Aurora. Caso contrário, siga as instruções neste tópico para criar seu cluster de banco de dados e fazer com que o Amazon RDS crie uma VPC e um grupo de sub-redes de banco de dados para você.

Você pode usar a opção Easy create (Criação fácil) para criar um cluster de banco de dados da Edição compatível com MySQL do Aurora usando o console do RDS. Com a opção Easy create (Criação fácil), é necessário especificar apenas o tipo do mecanismo de banco de dados, o tamanho e o identificador do cluster de banco de dados. A opção Easy create (Criação fácil) usa a configuração padrão para as outras opções de configuração. Com a opção Easy create (Criação fácil) desabilitada, em vez de Easy create (Criação fácil), você deve especificar mais opções de configuração ao criar um banco de dados, incluindo aquelas para disponibilidade, segurança, backups e manutenção.

Neste tutorial, você usará Easy create (Criação fácil) para criar um cluster de banco de dados da Edição compatível com MySQL do Aurora.

nota

Para obter informações sobre como criar instâncias de banco de dados com a opção Standard create (Criação padrão), consulte Criar um cluster de bancos de dados Amazon Aurora.

Para criar um cluster de banco de dados Aurora MySQL com a criação fácil habilitada

  1. Faça login no AWS Management Console e abra o console do Amazon RDS em https://console.aws.amazon.com/rds/.

  2. No canto superior direito do console do Amazon RDS, escolha a região da AWS na qual você deseja criar o cluster de banco de dados.

    O Aurora não está disponível em todas as regiões da AWS. Para obter uma lista das regiões da AWS em que o Aurora esteja disponível, consulte Disponibilidade de regiões.

  3. No painel de navegação, escolha Databases (Bancos de dados).

  4. Selecione Create database (Criar banco de dados) e verifique se a Easy Create (Criação fácil) está habilitada.

    
							Opção Easy create (Criação fácil)
  5. Para Engine type (Tipo de mecanismo), escolha Amazon Aurora.

  6. Em Edition (Edição), escolha Amazon Aurora with MySQL compatibility (Compatibilidade do Amazon Aurora com MySQL).

  7. Em DB instance size (Tamanho da instância de banco de dados), escolha Dev/Test (Desenvolvimento/teste).

  8. Em DB cluster identifier (Identificador do cluster de banco de dados), insira um nome para a instância de banco de dados ou deixe o nome padrão.

  9. Em Master username (Nome do usuário principal), insira um nome para o usuário ou deixe o nome padrão.

    A página Create database (Criar banco de dados) deve ser semelhante à seguinte imagem.

    
							Página Create database (Criar banco de dados)
  10. Para usar uma senha gerada automaticamente para o cluster de banco de dados, verifique se a caixa Auto generate a password (Gerar uma senha automaticamente) foi selecionada.

    Para inserir a senha, desmarque a caixa de seleção Auto generate a password (Gerar uma senha automaticamente) e insira a mesma senha em Master password (Senha principal) e Confirm password (Confirmar senha).

  11. (Opcional) Abra View default settings for Easy create (Visualizar as configurações padrão da criação fácil).

    
							Configurações padrão da criação fácil.

    Você pode examinar as configurações padrão usadas com a opção Easy Create (Criação fácil). A coluna Editable after database is created (Editável após a criação do banco de dados) mostra quais opções podem ser alteradas após a criação do banco de dados.

    • Para alterar configurações com No (Não) nessa coluna, use Standard create (Criação padrão).

    • Para alterar configurações com Yes (Sim) nessa coluna, é possível usar Standard Create (Criação padrão) ou modificar o cluster de banco de dados após ele ser criado para alterar as configurações.

    Observe as seguintes considerações importantes para alterar as configurações padrão:

    • Se desejar que o cluster de banco de dados use uma VPC, um grupo de sub-rede e um grupo de segurança específicos, use Standard create (Criação padrão) para especificar esses recursos. Você pode ter criado esses recursos enquanto configurava o Amazon RDS. Para obter mais informações, consulte Configuração de seu ambiente para Amazon Aurora.

    • Caso deseje poder acessar o cluster de banco de dados de um cliente fora da sua VPC, use Standard create (Criação padrão) para definir Public access (Acesso público) como Yes (Sim).

      Se o cluster de banco de dados precisar ser privado, mantenha a opção Public access (Acesso público definida como No (Não).

  12. Escolha Create database (Criar banco de dados).

    Se você optar por usar uma senha gerada automaticamente, o botão View credential details (Ver detalhes da credencial) será exibido na página Databases (Bancos de dados).

    Para visualizar o nome de usuário e a senha do cluster de banco de dados, escolha View credential details (Ver detalhes da credencial).

    
									Credenciais de usuário após a geração automática da senha.

    Para se conectar ao cluster de banco de dados como o usuário primário, use o nome de usuário e a senha exibidos.

    Importante

    Não é possível visualizar a senha do usuário mestre novamente. Caso você não a registre, talvez seja necessário alterá-la.

    Se for necessário alterar a senha do usuário primário depois que o cluster de banco de dados estiver disponível, será possível modificar o cluster de banco de dados para fazer isso. Para obter mais informações sobre como modificar um cluster de banco de dados, consulte Modificar um cluster de bancos de dados Amazon Aurora.

  13. Em Databases (Bancos de dados), escolha o nome do novo cluster de banco de dados Aurora MySQL.

    No console do RDS, os detalhes do novo cluster de banco de dados são exibidos. O cluster de banco de dados e sua instância de banco de dados permanecem no status Creating (Criando) até o cluster de banco de dados estar pronto para uso. Quando o status muda para Available (Disponível) para ambos, você pode se conectar ao cluster de banco de dados. Dependendo da classe da instância de banco de dados e da quantidade de armazenamento, pode levar até 20 minutos para que o novo cluster de banco de dados esteja disponível.

    
							Resumo durante a criação do cluster de banco de dados

Conectar-se a uma instância em um cluster de banco de dados

Após o Amazon RDS provisionar seu cluster de banco de dados e criar a instância primária, você poderá usar qualquer aplicativo cliente SQL padrão para se conectar a um banco de dados no cluster de banco de dados. No exemplo a seguir, você se conectará a um banco de dados no cluster de banco de dados Aurora MySQL usando os comandos do monitor MySQL.

Para conectar-se a um banco de dados em um cluster de banco de dados Aurora para MySQL usando o monitor do MySQL

  1. Instale um cliente SQL que você pode usar para se conectar ao cluster de banco de dados.

    Você pode se conectar a um cluster de banco de dados Aurora MySQL usando ferramentas como o utilitário da linha de comando do MySQL. Para obter mais informações sobre como usar o cliente do MySQL, acesse mysql - the MySQL command-line client na documentação do MySQL. O MySQL Workbench é um aplicativo baseado em GUI que você pode usar para se conectar. Para obter mais informações, consulte a página Download MySQL Workbench.

    Para obter mais informações sobre como usar o MySQL, acesse a Documentação do MySQL. Para obter informações sobre como instalar o MySQL (incluindo o cliente MySQL), consulte Instalar e atualizar o MySQL.

    Se seu cluster de banco de dados estiver acessível ao público, você poderá instalar o cliente SQL fora da VPC. Se seu cluster de banco de dados for privado, você normalmente instalará o cliente SQL em um recurso dentro da VPC, como uma instância do Amazon EC2.

  2. Verifique se seu cluster de banco de dados está associado a um grupo de segurança que fornece acesso a ele. Para obter mais informações, consulte Configuração de seu ambiente para Amazon Aurora.

    Se você não especificou o grupo de segurança apropriado ao criar o cluster de banco de dados, é possível modificar o cluster de banco de dados para alterar seu grupo de segurança. Para obter mais informações, consulte Modificar um cluster de bancos de dados Amazon Aurora.

    Se o seu cluster de banco de dados estiver acessível ao público, verifique se o grupo de segurança associado tem regras de entrada para os endereços IP que deverão acessá-lo. Se o seu cluster de banco de dados for privado, o grupo de segurança associado deverá ter regras de entrada para o grupo de segurança de cada recurso que vai acessá-lo, como o grupo de segurança de uma instância do Amazon EC2.

  3. Faça login no AWS Management Console e abra o console do Amazon RDS em https://console.aws.amazon.com/rds/.

  4. Escolha Databases (Bancos de dados) e depois o nome do cluster de banco de dados para mostrar seus detalhes. Na guia Connectivity & security (Conectividade e segurança), copie o valor para o Endpoint name (Nome do endpoint) do endpoint Writer instance (Instância de gravador). Além disso, observe o número da porta para o endpoint.

    
							Detalhes do cluster de banco de dados
  5. Insira o comando a seguir em um prompt de comandos em um computador cliente para se conectar a um banco de dados em um cluster de banco de dados Aurora MySQL usando o monitor do MySQL. Use o endpoint do cluster para se conectar à instância primária e o nome de usuário mestre que você criou anteriormente. (Uma senha é solicitada a você.) Se você forneceu um valor de porta diferente de 3306, use isso para o parâmetro -P em vez disso.

    PROMPT> mysql -h <cluster endpoint> -P 3306 -u <myusername> -p

    Você deve ver saída semelhante a.

    Welcome to the MySQL monitor. Commands end with ; or \g. Your MySQL connection id is 350 Server version: 5.6.10-log MySQL Community Server (GPL) Type 'help;' or '\h' for help. Type '\c' to clear the buffer. mysql>

Para obter mais informações sobre como se conectar ao cluster de banco de dados, consulte Como conectar-se a um cluster de bancos de dados Amazon Aurora MySQL. Se você não conseguir se conectar ao seu cluster de banco de dados, consulte Não é possível conectar-se à instância de banco de dados do Amazon RDS.

Excluir o cluster de banco de dados de exemplo, o grupo de sub-redes de banco de dados e a VPC

Após se conectar ao cluster de banco de dados de exemplo que criou, você poderá excluir o cluster de banco de dados, o grupo de sub-redes de banco de dados e a VPC (se tiver criado uma VPC).

Para excluir um cluster de banco de dados

  1. Faça login no AWS Management Console e abra o console do Amazon RDS em https://console.aws.amazon.com/rds/.

  2. Escolha Databases (Bancos de dados) e depois a instância de banco de dados associada ao cluster de banco de dados.

  3. Em Actions, selecione Delete.

  4. Escolha Delete (Excluir).

    Depois que todas as instâncias de banco de dados associadas a um cluster de banco de dados forem excluídas, o cluster de banco de dados será excluído automaticamente.

Para excluir um grupo de sub-redes de banco de dados

  1. Faça login no AWS Management Console e abra o console do Amazon RDS em https://console.aws.amazon.com/rds/.

  2. Escolha Subnet groups (Grupos de sub-rede) e depois escolha o grupo de sub-redes de banco de dados.

  3. Escolha Delete (Excluir).

  4. Escolha Delete (Excluir).

Para excluir uma VPC

  1. Faça login no AWS Management Console e abra o console da Amazon VPC em https://console.aws.amazon.com/vpc/.

  2. Escolha seus Your VPCs e escolha a VPC que foi criada para esse procedimento.

  3. Em Actions (Ações), escolha Delete VPC (Excluir a VPC).

  4. Escolha Delete (Excluir).