Amazon Elastic Block Store (Amazon EBS) - Amazon Elastic Compute Cloud

Amazon Elastic Block Store (Amazon EBS)

O Amazon Elastic Block Store (Amazon EBS) oferece volumes de armazenamento em bloco para usar com instâncias do EC2. Os volumes do EBS se comportam como dispositivos de bloco brutos e não formatados. É possível montar esses volumes como dispositivos em suas instâncias. Os volumes EBS que estão anexados a uma instância são expostos como volumes de armazenamento que persistem independentemente da vida útil da instância. É possível criar um sistema de arquivos sobre esses volumes ou utilizá-los da maneira que utilizaria um dispositivo de bloco (como um disco rígido). É possível alterar dinamicamente a configuração de um volume anexado a uma instância.

O Amazon EBS é recomendado para dados que devem ser rapidamente acessíveis e requerem persistência no longo prazo. Os volumes do EBS são especialmente adequados ao uso como armazenamento principal para sistemas de arquivos, bancos de dados ou para todas as aplicações que necessitem de atualizações granulares finas e acesso ao armazenamento em nível de bloco bruto e não formatado. O Amazon EBS é ideal para aplicações no estilo de banco de dados que utilizam leituras e gravações aleatórias, bem como para aplicações com alta throughput que executam leituras e gravações longas e contínuas.

Com o Amazon EBS, você paga somente por aquilo que usa. Para obter mais informações sobre a definição de preço do Amazon EBS, consulte a seção de Projeção de custos da página do Amazon Elastic Block Store.

Recursos do Amazon EBS

  • Você cria um volume do EBS em uma zona de disponibilidade específica e, em seguida, o anexa a uma instância nessa mesma zona de disponibilidade. Para tornar um volume disponível fora da zona de disponibilidade, é possível criar um snapshot e restaurá-lo em um novo volume em qualquer lugar nessa região. É possível copiar os snapshots para outras regiões e então restaurá-los para novos volumes nelas, viabilizando o aproveitamento de várias regiões da AWS para expansão geográfica, migração de datacenter e a recuperação de desastres.

  • O Amazon EBS fornece os seguintes tipos de volumes: SSD de uso geral, SSD com IOPS provisionadas, HDD otimizado para throughput e HDD a frio. Para obter mais informações, consulte Tipos de volume do EBS.

    A seguir está um resumo da performance e dos casos de uso de cada tipo de volume.

    • Os volumes SSD de uso geral (gp2 e gp3) equilibram preço e performance para uma ampla variedade de workloads transacionais. Esses volumes são ideais para casos de uso, como volumes de inicialização, bancos de dados de instância única de tamanho médio e ambientes de desenvolvimento e teste.

    • Os volumes SSD de IOPS provisionadas (io1 e io2) são criados para atender às necessidades de workloads com uso intensivo de E/S que são sensíveis a performance e consistência de armazenamento. Fornecem uma taxa de IOPS consistente que você especifica ao criar o volume. Isso permite que você escale de forma previsível para dezenas de milhares de IOPS por instância. Além disso, os volumes io2 fornecem os mais altos níveis de durabilidade de volume.

    • Os volumes HDD otimizados para throughput (st1) fornecem armazenamento magnético de baixo custo que define a performance em termos de throughput, não IOPS. Esses volumes são ideais para workloads grandes e sequenciais, como Amazon EMR, ETL, data warehouses e processamento de logs.

    • Os volumes de HDD (sc1) fornecem armazenamento magnético de baixo custo que define a performance em termos de throughput, não IOPS. Esses volumes são ideais para workloads grandes, sequenciais e cold data. Se você precisar acesso infrequente aos dados e estiver em busca de economia de custos, esses volumes fornecerão armazenamento econômico em blocos.

  • É possível criar seus volumes de EBS na forma de volumes criptografados, a fim de atingir uma ampla série de requisitos de criptografia de dados em repouso para dados e aplicações regulamentados/auditados. Quando você cria um volume do EBS criptografado e o anexa a um tipo de instância com suporte, os dados armazenados em repouso no volume, E/S de disco e snapshots criados do volume são todos criptografados. A criptografia ocorre nos servidores que hospedam as instâncias do EC2, processando-se durante o trânsito dos dados entre as instâncias do EC2 e o armazenamento no EBS. Para obter mais informações, consulte Criptografia do Amazon EBS.

  • É possível criar snapshots de pontos no tempo dos volumes do EBS, que são persistidos no Amazon S3. Os snapshots protegem os dados para durabilidade de longo prazo, e eles podem ser usados como ponto inicial para novos volumes do EBS. O mesmo snapshot pode ser utilizado para criar quantos volumes forem necessários. Esses snapshots podem ser copiados nas regiões da AWS. Para obter mais informações, consulte Snapshots do Amazon EBS.

  • As métricas de performance, como a largura de banda, a throughput, a latência e o tamanho da fila média, estão disponíveis por meio do AWS Management Console. Essas métricas, fornecidas pelo Amazon CloudWatch, permitem que você monitore a performance de seus volumes para garantir que você forneça performance suficiente para suas aplicações sem pagar por recursos de que não precisa. Para obter mais informações, consulte Performance de volume do Amazon EBS em instâncias do Linux.